A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária e Ambiental e a Fundação Municipal de Meio Ambiental de Biguaçu (Famabi), emitiu, na manhã desta terça-feira, um comunicado recomendando orientações e cuidados com o surgimento de escorpiões em bairros da cidade. Nos últimos dias, há relatos de moradores sobre o aparecimento dos aracnídeos principalmente nos bairros Janaína e Bom Viver. O veneno dele pode levar à morte, principalmente de crianças e idosos.

O secretário de Saúde, Heron Pereira, disse há pouco, ao Biguá News, que é importante a comunidade estar atenta ao fato, fazendo a limpeza e manutenção de seus quintais e, principalmente, procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com urgência caso alguma pessoa venha a ser ferroada. “O escorpião é um inseto venenoso e a orientação é que se busque atendimento médico o mais rápido possível em caso de uma picada”, comentou.

Publicidade

Estudos preliminares do município apontam que o surgimento ocorreu em terrenos onde houve falta de limpeza por parte dos proprietários, gerando acúmulo de entulhos. Contudo, já há um planejamento por parte das vigilâncias sanitária e ambiental para combater o escorpião.

Na manhã desta terça-feira, equipes da vigilância estão fazendo vistoria em residências e terrenos onde o aracnídeo foi avistado. O assunto também foi levantado na tribuna da Câmara Municipal, na noite de ontem, pelo vereador João Domingos Zimmermann (PMDB), que reside no Janaína e foi procurado por vizinhos que viram escorpiões. Na mesma hora, vereadores entraram em contato com o prefeito Ramon Wollinger (PSD), que mobilizou a equipe sanitária.

Nesta terça-feira, o prefeito e o secretário de Saúde irão fazer acompanhamento presencial dos trabalhos das equipes de campo.

Matéria atualizada às 12h25 para acréscimo de informações

Publicidade