Chuva volta, mas não suficiente para conter estiagem em SC

Publicidade

Apesar da chuva entre quarta (2) e esta quinta-feira (3) já ser considerada a de maior acumulado dos últimos dois meses, ela não será suficiente para conter a estiagem que vem afetando Santa Catarina. O Sul foi a região que mais choveu nas últimas 12 horas.

Pelo menos 32 cidades tiveram acumulado de chuva acima de 30 mm. Em Praia Grande, entre as 18h de quarta e às 6h de quinta, foram 66 mm. Já em Criciúma e Timbé do Sul, 49 mm. Entretanto, a precipitação deve acabar no final do dia.

Publicidade

Conforme a Epagri/Ciram, as próximas chuvas devem ocorrer somente nos dias 9 e 14 de agosto, mas com volumes pequenos. “A situação da estiagem, com isso, deve se prorrogar no estado”, explica o meteorologista Marcelo Martins.

A última chuva bem distribuída em Santa Catarina ocorreu entre os dias 5 e 8 de junho. Conforme a Epagri/Ciram, mesmo com a mudança de temperatura, ou seja, a substituição gradual do frio pelo calor, os próximos meses devem ser de poucas alterações com relação a chuva.

Rios

Conforme o responsável pelo setor de previsão hidrológica da Epagri/Ciram, Guilherme Miranda, de quarta para esta quinta-feira houve uma mudança significativa de rios com estiagem, de 20 para 13 dos monitorados.

Com isso, dos 45 monitorados, 32 estão em situação de normalidade. “A mudança mais significativa é a saída dos rios com situação de emergência, que migraram para ‘atenção’ pela chuva desta quarta”, disse Miranda.

Oeste e Norte estão entre as regiões com rios mais secos. A relação completa de rios em situação de atenção e alerta está no boletim hidrológico da Epagri/Ciram.

Publicidade