O movimento “O Sul é o meu País” fará um plebiscito informal – denominado “Plebisul 2017” – no próximo sábado (7), com o intuito de consultar a população sobre a proposta de se criar um novo país compreendendo os estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A votação ocorrerá em 900 cidades da região Sul.

O coordenador-geral do movimento na Grande Florianópolis, Júlio César de Souza, disse, ao Biguá News, que a intenção é ouvir o que os moradores das três unidades da federação pensam sobre o assunto. “Os habitantes dos três estados poderão expressar sua vontade de ter autonomia política, administrativa e financeira. Se tiver que vir com uma secessão [separação] assim será. Se o poder central quiser negociar, melhor. O futuro dirá”, comentou.

Publicidade

Em Biguaçu, os interessados poderão votar em urnas instaladas no Supermercado Ofertão, no bairro Janaína; no campo do Biguá, na Praia João Rosa; na panificadora Doce & Pão, no Rio Caveiras; e na Praça Nereu Ramos, no centro da cidade.

Em Governador Celso Ramos serão três locais: na Praça 6 de Novembro, no bairro Ganchos do Meio – em frente à Prefeitura; na rua Maria Luíza dos Santos, nº 310, na Fazenda da Armação; e na rua Rosendo Joaquim Sagás, no estacionamento da Seta materiais para construção, em Palmas.

Em Antônio Carlos, o recipiente estará na rua João Henrique Pauli, nº 581, no bairro Centro, próximo ao Supermercado FF.

Na Grande Florianópolis, a consulta será feita entre às 8h e 17h. Nas cédulas constará a seguinte pergunta: “Você quer que o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul formem um país independente?”. A consulta não tem valor legal por não ter sido aprovada pelo Congresso. Para participar é necessário ter mais de 16 anos de idade e possuir título de eleitor.

Aqueles que quiserem também poderão assinar uma proposta de projeto de lei de iniciativa popular para ser apresentada ao Congresso Nacional, propondo a realização de um plebiscito oficial em 2018.

A associação

O “Sul é o Meu País” e uma associação privada e se diz sem fins lucrativos. A sede nacional do movimento é atualmente em Passo Fundo (RS), onde está situada a diretoria 2014/2017. Ao total, o movimento é representado em 1191 municípios.

Publicidade