Comdes quer aumento da extensão da pista de pouso no aeroporto de Florianópolis

Publicidade

Angelo Mendes

O Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento da Grande Florianópolis (COMDES) vai pressionar o poder público em busca de apoio para aumentar a extensão da pista de pouso do novo aeroporto de Florianópolis. A meta da entidade é fazer com que a nova pista tenha capacidade para receber voos de outros continentes.

Publicidade

O edital de concessão determina extensão da pista de 100 metros, o que não permite que a capital receba vôos de rotas transoceânicas. Para que isso seja possível, é necessário um prolongamento de 500 metros da pista.

Jaime Ziliotto, coordenador do COMDES, diz que a entidade pode mediar o diálogo entre a Floripa Airport e o governo. “Florianópolis tem potencial para se tornar uma cidade ainda mais reconhecida internacionalmente. Esse aumento na pista de pouso é importante para aumentar o volume de turistas europeus e norte-americanos no Estado”, destaca Ziliotto.

O empresário demonstra preocupação também com o acesso ao aeroporto. Segundo ele, é inconcebível que o novo aeroporto seja finalizado sem que vias de acesso estejam adequadas.

Publicidade