Um menino de sete anos de idade morreu neste domingo,  na Praia das Cordas, em Governador Celso Ramos. Ele era morador de Palhoça e estava no local junto com os pais.

Familiares e banhistas tentaram reanimar a vítima até a chegada do helicóptero dos Bombeiros, mas não conseguiram.  Os socorristas também fizeram os procedimentos indicados nesses casos, mas não obtiveram êxito.

Publicidade

O médico legista do Instituto Médico Legal  (IML) que atendeu a ocorrência apontou que a morte teria ocorrido por afogamento. O corpo foi levado para o exame de necropsia,  que apontará a causa do falecimento.

Testemunhas que estavam na praia chegaram a afirmar que o menino teria morrido ao ser atingido por  rojão disparado por um homem. O acusado foi pego por populares e acabou levado pela polícia para a Central de Plantão Policial de São José. No entanto, ele foi solto no decorrer da tarde, após o legista do IML afirmar que a criança não tinha lesões no corpo – o que descartaria a morte ser ocasionada por fogos de artifício.

Publicidade