A chuva persistente em Santa Catarina já causou danos no Estado, entre quarta e quinta-feira (10 e 11), segundo dados da Defesa Civil de Santa Catarina. No litoral, pelo menos dez cidades tiveram ocorrências Em Florianópolis, por exemplo, o volume de chuva nas últimas 48 horas superou 200mm e provocou pontos de alagamentos na via pública.

A Defesa Civil da capital atendeu dezenas de ocorrências, como deslizamentos, quedas de muros e de de árvores. Uma residência foi interditada. Três pessoas precisaram sair de casa provisoriamente. O Corpo de Bombeiros Militar e a Defesa Civil fizeram os atendimentos.

Publicidade

Já em São José, três casas foram interditadas e sete pessoas desalojadas. Houve ainda seis muros com risco de desabamento e um deslizamento de talude atingindo residência.

Em São João Batista,  uma menina de 8 anos perdeu a vida após ser atingida por uma árvore. Outra de 13 anos teve ferimentos leves. Ela foi atendida pelos bombeiros e Samu. A Defesa Civil Municipal também foi acionada.

LeiaHomem é levado pela enxurrada ao cair em bueiro em Balneário Camboriú

Conforme o relatório realizado pela Diretoria de Resposta aos Desastres, sete municípios tiveram ocorrências devido a chuva. Houve registro em Imbituba, Serra do Rio do Rastro, Florianópolis, Braço do Norte, São José, São João Batista e Biguaçu. Dez pessoas ficaram desalojadas (saíram de casa provisoriamente), 34 afetadas e oito residências atingidas.

Garagem de prédio no bairro Itacorubi, em Florianópolis, ficou alagada (Foto: Marina Cidade)

PREVISÃO

A previsão é de chuva persistente no litoral catarinense, especialmente entre Florianópolis a Laguna, até sexta-feira, 12. O sistema é influenciado por uma área alongada de baixa pressão no litoral.

RECOMENDAÇÕES DA DEFESA CIVIL/SC

Alagamentos/inundações: Evite o contato com a água e não dirija em lugares alagados. Não transite em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Deslizamentos de terra: Observe qualquer movimento de terra ou rochas próximos de sua residência, inclinação de postes, árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil Municipal pelo número 199 ou Corpo de Bombeiros 193.

Acompanhe as informações oficiais do governo, como o site da Epagri/Ciram e Defesa Civil SC. Também siga nas redes sociais como o Instagram, Twitter e Facebook os alertas publicados. Receba no seu celular os alertas por meio de mensagem de texto (SMS). Basta enviar um SMS com o seu CEP para o número 40199. O serviço é gratuito.

Publicidade