A Floripa Airport, empresa do grupo suíço Zurich Airport, assumiu integralmente a gestão do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, nesta quarta-feira (3). A concessionária se comprometeu a fazer melhorias no atual terminal e construir um novo aeroporto até outubro de 2019, com investimentos acima dos R$ 500 milhões.

A concessão vai até 2047. O projeto prevê um terminal quatro vezes maior, de 41 mil metros quadrados, e 10 fingers, que são pontes de embarque. A capacidade passará de 3 milhões para 8 milhões de passageiros ano, segundo a Floripa Airport.

Publicidade

Entre as melhorias previstas, estão embarque e desembarque em pisos distintos, medidas de sustentabilidade e mudanças na arquitetura do espaço. Conforme a concessionária, 165 funcionários trabalharão no aeroporto.

Atualmente, aeroporto tem capacidade para 4,1 milhões de passageiros por ano (Foto: Infraero/Divulgação)

A empresa, vencedora do leilão de concessão, assinou o contrato de concessão com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em julho de 2017. A Zurich Airport pretende lançar um novo terminal no prazo de dois anos e meio, que seja o “estado da arte na construção”, com previsão de entrega para o último trimestre de 2019, ampliar o estacionamento para 2,5 mil veículos, construir uma pista secundária para taxiamento de aeronaves e aumentar em 100 metros a atual pista. A empresa também pretende criar novas oportunidades de negócios para empresas nacionais e internacionais.

Atualmente, o Aeroporto de Zurique opera 10 aeroportos em todo o mundo. Além do Aeroporto Internacional Bengaluru na Índia, a empresa participa ativamente em nove operações na América Latina, Bogotá, Curaçao, três aeroportos no Chile e quatro aeroportos em Honduras.

*Com G1

Publicidade