O ministro do Turismo, Marx Beltrão, confirmou ao secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, e ao presidente da Embratur, Vinícius Lummertz, durante reunião do Conselho Nacional do Turismo, em Brasília, que vem ao Estado nos próximos dias 24 e 25 de agosto para lançar oficialmente o projeto “O Sul é meu destino”, para promoção nacional integrada das atrações turísticas da região Sul do país. O investimento inicial do ministério será de R$ 5 milhões e a campanha deve iniciar ainda neste semestre.

A programação da vinda do ministro a Santa Catarina inclui visitas à Serra do Rio do Rastro, à marina de Itajaí, ao Centro de Eventos de Balneário Camboriú e, dia 25, participação no meeting de turismo, no Beto Carrero World, em Penha, onde será assinado um termo de compromisso entre os três estados, o ministério e a Embratur. “O ministro Marx Beltrão abraçou o projeto junto com a Embratur, sem burocracias. Essa é uma conquista dos catarinenses e de toda a região Sul”, comemorou Leonel Pavan.

O secretário lembrou que a campanha pela região Sul é fruto de um trabalho de união de grande importância para equilibrar o que considera um tratamento diferenciado em relação a outras regiões. “Vamos fazer um trabalho conjunto e integrado para oferecer um produto que vá motivar o turista a permanecer mais tempo na região. Daí a importância dessa oferta cultural e de tantos atrativos naturais muito próximos entre si”, comentou o secretário.

A 49ª reunião do Conselho Nacional de Turismo reuniu as principais lideranças do setor. Na pauta, os avanços conquistados com a reforma trabalhista, em especial o trabalho intermitente; a regulamentação da lei da gorjeta; o andamento das medidas do Plano “Brasil + Turismo” e outros informes importantes, como as ações de qualificação, fiscalização e eventos. A novidade do encontro ficou por conta da instalação de três câmaras temáticas para discussão da Política Nacional de Qualificação Profissional, do Plano Nacional de Turismo e do Turismo Responsável.

Publicidade