Número de focos de mosquito Aedes aegypti neste ano em SC é 43,6% maior

Publicidade

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive) divulgou o boletim número 20 sobre a situação da vigilância entomológica do Aedes aegypti e a situação epidemiológica da dengue, febre dechikungunya e zika vírus, com dados até a Semana Epidemiológica (SE) 39, desde 1º de janeiro a 30 de setembro.

No período de 01/01 a 30/09, foram identificados 8.981 focos do mosquito Aedes aegypti, em 139 municípios. Neste mesmo período, em 2016, haviam sido identificados 6.255 focos em 132 municípios .O número de focos de 2017 é 43,6% maior quando comparado ao mesmo período do ano de 2016.

Publicidade

Em relação à situação entomológica, até a SE nº 39/2017, já são 61 municípios considerados infestados,o que representa um incremento de 22% em relação ao mesmo período de 2016, que registrou 50 municípios nessa condição.

As informações são da assessoria.

Publicidade