aris irá mesmo sediar a Olimpíada de 2024. E quatro anos depois, em 2028, será a vez de Los Angeles receber novamente a festa do esporte. Após meses de especulações, reuniões e conversas entre os comitês de candidatura e o Comitê Olímpico Internacional (COI), as duas cidades se entenderam e os americanos aceitaram ceder para que os franceses fossem os anfitriões após Tóquio 2020. A informação inicial foi publicada pelo “Los Angeles Times” e mais tarde foi compartilhada pelas redes sociais da candidatura americana. Em seguida, o COI oficializou a escolha por Paris, dando fim a uma espera tensa.

Em 13 de setembro, o COI fará a sua Assembleia quando confirmará com pompa e circunstância o acordo. Em ofício, o Comitê Olímpico Internacional ainda adiantou que, de acordo com a Agenda 2020, irá auxiliar o comitê de Los Angeles 2028 com US$ 1,8 bilhão de dólares (R$ 5,6 bilhões de reais).

Publicidade

– O COI festeja esta decisão do Comitê de Candidaturas Olímpica e Paralímpica de Los Angeles. E temos o prazer de divulgar o contrato 2028 da cidade-sede de forma transparente e no momento correto. Los Angeles apresentou uma excelente candidatura que abrange as prioridades de sustentabilidade da Agenda Olímpica 2020, maximizando o uso das instalações existentes e incentivando o envolvimento dos mais jovens no Movimento Olímpico. Portanto, estamos muito felizes que, como parte deste Contrato da Cidade Anfitriã, possamos aumentar o acesso da juventude da cidade ao esporte e incentivar o estilo de vida saudável da cidade nos próximos 11 anos. Estamos muito confiantes de que podemos chegar a um acordo tripartite sob a liderança do COI com Los Angeles e Paris em agosto, criando uma situação de ganho para os três parceiros. Este acordo será apresentado à Sessão do COI em Lima, em setembro, para ratificação – disse Thomas Bach, presidente do COI.

A cidade de Los Angeles já sediou a Olimpíada duas vezes. A primeira, em 1932. A segunda, em 1984. Já Paris será palco dos Jogos pela terceira vez. A capital parisiense sediou a segunda edição da Olimpíada na Era Moderna, em 1900. Mais tarde, em 1924, voltou a receber a competição. O Brasil conquistou oito medalhas nos Jogos de Los Angeles 1984. Um ouro com Joaquim Cruz, nos 800m rasos do atletismo; cinco pratas, com Douglas Vieira no judô, Ricardo Prado nos 400m medley na natação, Torben Grael, Ronaldo Camargo e Daniel Adler na classe soling da vela, e o futebol e o vôlei masculinos; e dois bronzes, ambos no judô com Luiz Onmura e Walter Carmona.

Publicidade