A Polícia Civil, através da equipe de investigação de São João Batista, deflagrou uma operação denominada Labéu* e prendeu uma mulher de 34 anos, na tarde de ontem, suspeita pelo homicídio qualificado contra seu próprio pai, um idoso, de 64 anos, na qual estava desaparecido desde março deste ano. A mulher estava escondida numa residência na cidade de Sapiranga/RS.

De acordo com o delegado Vinicius Benedet, a indiciada confessou que estava cansada de cuidar do pai e que teria sido vítima de abuso sexual quando criança. “Em depoimento não demonstrou, em nenhum momento, arrependimento. Mudou de residência duas vezes no RS, mas conseguimos achá-la”, afirma.

Publicidade

Segundo Benedet, a vítima foi enterrada no quintal de casa e o mau cheiro no local, levantou suspeita de que seria o homem desaparecido. “Após as buscas, os investigadores encontraram a ossada humana, que fora imediatamente encaminhada ao Instituto Geral de Perícias para realização de exame de DNA.  A hipótese levantada pela família foi confirmada com o laudo pericial”, explica.

A mulher responderá pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. A operação contou com o apoio da Polícia Civil de Sapiranga/RS.

Labeu: sinônimo de indignidade, instituto previsto no código civil brasileiro que, como forma de punição, exclui da linha sucessória os herdeiros que atentam contra vida de seus ascendentes

Publicidade