O feriadão registrou quatro mortes em rodovias estaduais e federais de Santa Catarina. Os números foram contabilizados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar Rodoviária (PMRv) entre quarta-feira (11) e domingo (15). Pelo menos duas mortes também foram registradas em estradas municipais em Criciúma e Araranguá, no Sul catarinense.

Nas rodovias federais foram três mortes, uma a mais que no último feriadão, da Independência. No entanto, o número de acidentes e de feridos caiu. Segundo a PRF, em cinco dias da Operação 12 de outubro foram registrados 146 acidentes com 152 feridos.

Nas rodovias estaduais foi registrada uma morte na noite de quinta-feira (12) na SC-135 entre Campos Novos e Ibiam, no Oeste. Um caminhão de Maracajá saiu da pista e tombou no km 162,350 da rodovia, às 21h20, segundo a PMRv. O caminhoneiro de 24 anos morreu no local.

Já os acidentes fatais nas estradas federais ocorreram na sexta (13) e no domingo. Os dois foram colisões frontais.

O acidente de sexta também foi no Oeste, mas na BR-282 em Pinhalzinho. Um caminhão e um Corsa colidiram por volta das 18h. Uma passageira do carro, de 61 anos, morreu no local. Uma passageira de 12 anos e ao motorista de 22 anos ficaram gravemente feridos. O caminhoneiro não se feriu.

Já o outro acidente foi na BR-470 em Curitibanos, na Serra. Duas pessoas morreram na colisão envolvendo três veículos. A batida ocorreu por volta das 11h, no km 268, e deixou ainda três pessoas gravemente feridas.

Motoristas embriagados

Segundo a PRF, foram lavrados mais de 3 mil autos de infração contra motoristas, desses, 87 contra condutores que estavam sob efeito de álcool. Já a PMRv registrou pelo menos seis ocorrências envolvendo embriaguez ao volante.

A PRF também registrou pelo 415 motoristas ultrapassando em locais proibidos. Também foram flagrados 3.745 veículos acima da velocidade permitida, um deles a 172km/h na BR-101 em Biguaçu, onde a máxima é de 100 km/h.

Publicidade