Salete é denunciada por supostos ‘funcionários fantasmas’ no gabinete

Publicidade
Coluna Entrelinhas / Alexandre Alves

Salete denunciada

A vereadora Salete Orlandina Cardoso (PR) revelou, na tribuna da Câmara, durante a sessão da segunda-feira (18), que foi denunciada anonimamente no Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) por supostamente ter “servidores fantasmas” em seu gabinete. “A autodefesa é muito triste. Mas como estamos em um prédio que tem monitoramento, eu quero aqui sugerir ao MPSC e a essa pessoa que foi lá fazer essa denúncia, para que solicite as imagens e assim não vão restar dúvidas, pois irão ver o movimento dos três assessores aqui na Câmara”, disse a parlamentar.

Publicidade

Lula x Bolsonaro

A última pesquisa CNT/MDA para presidente da República, divulgada esta semana, revela uma polarização entre o ex-presidente Lula e o deputado federal Jair Bolsonaro. O primeiro um pouco acima da casa dos 30% na estimulada e o segundo um pouco abaixo dos 20%.  Este colunista não acredita na eleição de nenhum deles. Lula será impedido de disputar, pois está condenado em 1ª instância pelo juiz Sérgio Moro e dificilmente o TRF4 vai absolvê-lo. Portanto, será carta fora do baralho daqui a alguns meses. Já o segundo não tem capilaridade política, ou seja, só existe nas mídias sociais. Bolsonaro é um estranho para maioria do eleitorado pobre e sem acesso a internet. E, assim que a campanha começar ele vai “derreter” nas pesquisas, pois dificilmente conseguirá apoio de mais partidos e portanto terá tempo mínimo de TV. O histórico das eleições presidenciais, desde 1985, mostra que sem uma grande coalização não se chega ao Palácio do Planalto (Collor foi a exceção).

Meirelles em Santa Catarina

O governador Raimundo Colombo convidou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para proferir uma palestra em Florianópolis, em outubro, sobre os rumos da economia nacional. O ministro aceitou e a data do evento deve ser anunciada em breve. “A ideia é falar com o setor produtivo para tratar das perspectivas e dos desafios da nossa economia daqui para frente, buscando promover uma integração ainda maior para promover o nosso desenvolvimento e o de todo o país”, explica Colombo.

Publicidade