Publicidade

A partir de 0h de domingo (23), as tarifas do transporte intermunicipal vão ficar mais caras. O reajuste é de 7,23% para os ônibus coletivos com catracas, que fazem viagens entre cidades próximas. O aumento é de 6,94% para os veículos sem catracas, que fazem o transporte entre cidades distantes, e trafegam por vias asfaltadas. Por fim, o reajuste é de 6,84% para o mesmo tipo de ônibus, mas que também passar por estrada de terra.

Usuário do transporte público vai pagar mais caro (Foto: Biguá news)

Os reajustes foram autorizados pelo Conselho de Administração do Departamento de Transportes e Terminais (Deter) na tarde de quinta-feira (20). De acordo com o Deter, as empresas de ônibus queriam aumentos entre 9% e 16%.

Publicidade

“O poder público tem o dever jurídico de proceder os reajustes anuais, sob pena de provocar um desequilíbrio na equação econômica-financeira, gerando um prejuízo para o prestador de serviço”, disse o diretor de transportes do Deter, Amarildo Matos.

Ele também disse que a decisão do Conselho de Administração foi por autorizar índices que pudessem ser suportados pelos passageiros.

Publicidade