Três homens morreram atropelados na BR-101 em um intervalo de três horas na noite de segunda-feira (30) em Santa Catarina. Os casos aconteceram em Araquari,no Norte, e em Balneário Camboriú e em Barra Velha, no Litoral Norte. As vítimas tinham 32, 47 e 73 anos. Dois deles estavam tentando atravessar a rodovia, um deles próximo a uma passarela.

O primeiro acidente foi às 20h15 no km 59,5, em Araquari. O homem de 47 anos foi atropelado pelo menos duas vezes. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima tentou atravessar a rodovia em um trecho de curva quando foi atingido por um Peugeot 408 Allure. Na sequência, ele foi atropelado por uma caminhonete.

A motorista do primeiro veículo informou à PRF que não o viu. O condutor da caminhonete disse que não percebeu o corpo caído na rodovia. Os dois não se feriram e não estavam sob efeito de álcool, conforme a polícia.

A outra morte ocorreu no km 131,6, por volta das 22h45, em Balneário Camboriú. O pedestre de 32 anos também tentou atravessar a BR-101. O motorista disse que não viu a vítima a tempo e não conseguiu desviar. Segundo a PRF, o condutor não estava embriagado. Ainda de acordo com a PRF, a cerca de 500 metros do local do atropelamento havia uma passarela para pedestres.

Um idoso de 73 anos morreu no km 80,4, em Barra Velha. O acidente foi registrado às 23h15. A PRF acredita que o homem estava caminhando pelo acostamento e que o vácuo causado pela passagem, provavelmente de um caminhão, tenha o puxado para a rodovia, sendo atropelado pela roda traseira do veículo. Ainda conforme a PRF, é possível que o caminhoneiro não tenha percebido o atropelamento. O idoso natural de São Paulo estava carregando uma sacola nas costas. A PRF não soube informar se ele morava próximo ao trecho onde ocorreu o fato.

Publicidade