A Câmara dos Deputados rejeitou, em votação nesta quarta-feira (2), a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB), que o acusa de corrupção passiva no caso da JBS. Para que o Supremo Tribunal Federal (STF) pudesse investigá-lo, 342 deputados teriam que votar a favor da investigação. Os aliados de Temer conseguiram 263 votos para barrar a investigação. A oposição somou apenas 227.

Em Santa Catarina, Temer teve nove votos pela rejeição da denúncia e sete pela aceitação.

Publicidade

Votaram contra a denúncia:

Valdir Colatto – PMDB
Ronaldo Benedet – PMDB
Rogério Peninha Mendonça – PMDB
Mauro Mariani – PMDB
Marco Tebaldi – PSDB
João Rodrigues – PSD
João Paulo Kleinübing – PSD
Cesar Souza – PSD
Celso Maldaner – PMDB

Votaram a favor da denúncia:

Carmen Zanotto – PPS
Décio Lima – PT
Esperidião Amin – PP
Geovania de Sá – PSDB
Jorge Boeira – PP
Jorginho Mello – PR
Pedro Uczai – PT

Atualizada às 20h21

Publicidade