O vice-prefeito Vilson Norberto Alves (PP) assumiu a Prefeitura de Biguaçu, em cerimônia realizada na noite desta terça-feira (2), no auditório da Secretaria Municipal de Educação, destacando a equipe administrativa e também o grupo político, incluindo a base aliada na Câmara. Ele exercerá o cargo de prefeito por 30 dias, período no qual o prefeito Ramon Wollinger (PSD) estará licenciado em virtude de férias.

“Os biguaçuenses podem esperar muito trabalho, pois nós temos um grande grupo, composto por secretários e servidores públicos comprometidos, além dos vereadores, que nos dão a base para continuar o que o prefeito Ramon vem desenvolvendo. Quem acreditou lá atras [nas eleições de 2016] pode continuar acreditando que Biguaçu estará sempre no caminho certo”, comentou Alves, em entrevista ao Biguá News, logo após o ato de transferência do cargo.

Publicidade

É a segunda vez que Vilson assume o comando do Poder Executivo. No final de 2016, quando ele era o presidente da Câmara de Vereadores, Ramon pediu licença do cargo de prefeito para um período de descanso – depois das eleições municipais. Ele pontua que o atual momento é diferente daquele, possibilitando fazer uma administração com as contas em dia.

“Naquela ocasião tínhamos uma forte crise impactando a arrecadação municipal. Agora mudou, pois estamos com uma prefeitura saneada, com dinheiro em caixa, tendo R$ 4,1 milhões de recursos próprios, mais R$ 4,4 milhões de custeio, o que nos deixa com R$ 8,5 milhões em caixa. Isso é fruto de muita economia e gestão, que contou com apoio e compreensão de toda a equipe”, avaliou o prefeito em exercício.

Vilson durante discurso na transferência do cargo  (Foto: Biguá news)

Vilson já marcou uma reunião com o secretariado para esta quarta-feira (3) e também anunciou que visitará todas as secretarias nas próximas semanas, para conversar com cada secretário e também com os servidores de cada pasta.

O pepista foi empossado em um auditório lotado, com a presença de amigos, familiares, secretários municipais, vereadores, servidores públicos e empresários da cidade.

Publicidade