O vice-prefeito Vilson Norberto Alves (PP) assume a Prefeitura de Biguaçu, em cerimônia simbólica a ser realizada nesta terça-feira (2), às 19h, no auditório da Secretaria Municipal de Educação. Ele ficará na chefia do Poder Executivo do município por 30 dias, período no qual o prefeito Ramon Wollinger (PSD) estará licenciado em virtude de férias.

Será a segunda vez que Vilson assumirá o comando de Biguaçu. No final de 2016, quando ele era o presidente da Câmara de Vereadores, Ramon pediu licença do cargo de prefeito para um período de descanso – logo após as eleições municipais. Como o cargo de vice-prefeito estava vago naquela ocasião (devido à renúncia do ex-prefeito José Castelo Deschamps e a posse de Wollinger como prefeito lá em dezembro de 2014), o chefe do Legislativo precisou assumir o Executivo.

Publicidade

Alves é pré-candidato a prefeito nas eleições de 2020, tornando-se o “candidato natural” do grupo político que venceu as três últimas eleições (Castelo em 2008 e em 2012, e Ramon em 2016). No último pleito, Vilson articulara candidatura a prefeito, mas recuou e aceitou ser candidato a vice de Ramon (que iria para a reeleição).

Vilson assumirá o cargo de prefeito pela segunda vez (Foto: Biguá News)

Agora, para a próxima disputa, o pepista trabalha para fortalecer seu projeto de candidatura, contando com a reciprocidade do grupo que ajudou a eleger Ramon.

Publicidade