O zagueiro Rhodolfo e o atacante Felipe Vizeu foram punidos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta sexta-feira (1), com cinco e quatro partidas de suspensão, respectivamente. O motivo foi a confusão protagonizado pelos dois no dia 19 de novembro, durante partida contra o Corinthians, na Ilha do Urubu.

Durante aquele confronto, o defensor cobrou o atacante, que havia dado espaço para o corintiano Romero finalizar com perigo ao gol do Flamengo. Como Vizeu respondeu rispidamente, Rhodolfo se aproximou, tentou desferir um soco e acertou uma cabeçada no companheiro. A situação só não foi pior porque o goleiro Diego Alves separou os jogadores.

Publicidade

Pouco tempo depois, o atacante marcou o terceiro gol flamenguista, aos 45 minutos do primeiro tempo, e na comemoração mostrou o dedo médio para o zagueiro, que foi flagrado pelas câmeras de televisão dizendo “Lá fora eu vou pegar ele, eu vou pegar ele”.

© Getty Após fazer gol pelo Flamengo, Felipe Vizeu mostra dedo para Rhodolfo

O ato foi minimizado pelo técnico Reinaldo Rueda e também pelo presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, naquele mesmo dia. Os jogadores também se encontraram com os jornalistas após o jogo e mostraram que o desentendimento estava superado.

A punição dada pelo STJD é válida apenas para competições organizadas pela CBF e não pode ser cumprida na Copa Sul-Americana (o Flamengo fará a final contra o Independiente-ARG). No domingo, eles já não enfrentarão o Vitória, em Salvador, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicidade