Agentes penitenciários encerram ‘estado de greve’ após governo corrigir decreto

Publicidade

O Sindicato dos Agentes Penitenciários e de Segurança Socioeducativos de Santa Catarina (Sindaps/SC) encerrou nesta terça-feira (12) o “estado de greve” iniciado no começo de junho. Conforme a entidade, a decisão foi tomada após publicação de um decreto que trata do desenvolvimento funcional (promoções) corrigindo erro material em um projeto de lei enviado à Assembleia Legislativa (Alesc).

Foto: colaboração de Gustavo Amorim

O estado de greve (uma fase que antecede uma greve geral) fora instalada cobrando o cumprimento de um acordo feito pelo Governo do Estado há dois anos, sobre promoção funcional e sobre um erro do artigo 62 da lei 675/16, que impediria a aposentadoria daqueles com direito.

Continua após a publicidade

Os agentes reclamaram que o ex-governador Raimundo Colombo (PSD) e o atual governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) não efetivaram o prometido. Contudo, após a publicação desse decreto ocorrido na segunda-feira (11), a mobilização foi desfeita.

Publicidade