Agricultura familiar fornecerá alimentos às escolas municipais de Biguaçu

Publicidade

A Prefeitura de Biguaçu, através da Secretaria de Agricultura e em parceria com a Secretaria de Educação, lançou o projeto “Agricultura Familiar nas Escolas da Rede Municipal de Ensino de Biguaçu”, durante evento realizado nesta quinta-feira (28),  no auditório da Biblioteca Pública Municipal Coronel Teixeira de Oliveira.

Na oportunidade, foram assinados 17 contratos com famílias de agricultores municipais que passarão a fornecer gêneros alimentícios a serem servidos nas unidades da rede municipal de ensino. A iniciativa contribui para que a agricultura familiar se organize cada vez mais e qualifique suas ações comerciais, informa a assessoria.

Continua após a publicidade

A Secretaria de Educação, através da Gerência de Alimentação, é responsável pela elaboração dos cardápios, utilizando alimentos básicos, respeitando as referências nutricionais, a cultura alimentar, e levando sempre em conta a diversificação agrícola da região.

Representando as famílias agricultoras do município, o agricultor Anderson Luiz Romão explicou que “queria principalmente agradecer aos agricultores que enfrentaram essa luta para chegarmos no dia de hoje, e quero afirmar que os agricultores desejam firmar esse convênio com a Prefeitura, pois é de grande importância para todos. Muito obrigado por proporcionarmos este momento a todos nós”.

Além do prefeito Ramon, estiveram presentes os secretários Gabriel Loeff, Relações Institucionais, Márcia Rodrigues de Azevedo, Educação, João Motter, Desenvolvimento Econômico e Inovação Tecnológica, Reginaldo Fogaça, Integração Regional, Jimmiy Silveira, Transportes, Andréa Felipe, FAMABI, e Karoline Wollinger, Governo.

Representantes do Poder Legislativo Municipal também estava presente a presidente da Câmara de Vereadores de Biguaçu, Salete Cardoso, e os vereadores Vilson Norberto Alves, Nei Claudio Cunha, e Manoel Airton Pereira.

Ao final do evento, foi oferecido pelos agricultores a distribuição de frutas e verduras que são plantadas e colhidas na cidade de Biguaçu.

Autoridades opinam                      

“Este é mais um projeto que vai entrar para a história de Biguaçu, e que se tornará exemplo para as outras cidades. Não podemos esquecer das nossas merendeiras e cozinheiras das escolas que oferecem uma alimentação de qualidade para as nossas crianças, e agora vamos oferecer um produto muito melhor, sendo um produto aqui de Biguaçu. Trabalhei cinco anos no sacolão e sei o quanto os agricultores trabalham para ter uma vida digna, se tornando pessoas honradas. O Poder Executivo será sempre apoiador neste trabalho tão significante em nosso município”, afirmou o prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger.

A presidente da Câmara de Vereadores de Biguaçu, Salete Cardoso, relatou que com esse projeto conseguimos colocar em muitas mentes da população biguaçuense que o governo que pensa nos alunos, pensam na nação. Utilizando-se dessa mão forte do nosso agricultor e daquilo que ele produz, para elevar a qualidade de alimentação nas escolas e com certeza a qualidade de vida da população”.

“Biguaçu hoje vive um dia especial, temos prosperado na diversidade dos cultivos, na assistência, temos levado nossos agricultores em outras regiões para conhecer o sistema produtivo e adquirir novas experiências. O PPA (Plano Plurianual) Primário em nossa cidade tem aumentado cada vez mais e se tornado referência no estado, isso quer dizer que em Biguaçu fizemos agricultura, e agricultura diferenciada. Temos agricultores batalhadores, lutadores, e nós como gestores públicos temos o direito e o dever de oferecer oportunidades aos agricultores de nosso município”, afirmou o secretário de Agricultura, Elson João da Silva.

A secretária de Educação, Márcia Rodrigues de Azevedo, esse momento é bem esperado e é de muita importância isso acontecer principalmente na rede municipal de ensino. É dessa forma que temos de trabalhar, e colocar em nossa merenda os produtos dos agricultores aqui do nosso município”.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Biguaçu, Leonídio Zimmermann, “hoje é um dia de grande alegria para nós, onde o agricultor vai poder vender seu produto dentro do município. Estamos com um grupo pequeno, mas após de um tempo tenho a certeza que todos irão aderir este projeto, é um grande progresso em nosso município e para a agricultura, se tornando um dia histórico para a gente. E agora só temos a obrigação de prepararmos uma mercadoria de qualidade, como temos feito, para oferecermos nas escolas e em nosso município”.

Para o engenheiro agrônomo extensionista rural da EPAGRI, Rafael Marçal, “estamos muito felizes, pois isso é o fruto do trabalho de toda uma equipe de umas pessoas que queriam este projeto, e pelos agricultores que queriam firmar esse convênio com a Prefeitura. Temos bastante famílias sendo atendida, e isso é um ponto positivo para mostrar para Biguaçu que tem produtores empenhados em colocar o alimento na nossa mesa, e principalmente agora nas escolas para alimentar nossas crianças e até nossos filhos”.

image1

Publicidade