Pato teria contrato acertado com Chelsea

Publicidade

ESPN

Na noite de terça-feira (19) chegaram a um acordo representantes de Alexandre Pato e do Chelsea, tendo à frente a russa Marina Granovskaia, diretora do clube e braço direito do proprietário dos “Blues”, Roman Abramovich. Falta colocar no papel o que foi acertado “de boca” para a assinatura do contrato e transferência do atleta, deixando o Corinthians rumo ao atual campeão da Inglaterra.

Continua após a publicidade

O negócio demorou um pouco mais a ser fechado devido ao problema enfrentado por Gilmar Veloz, agente do atacante e do também revelado pelo Internacional Luiz Adriano. O centroavante trocaria o Milan pelo Jiangsu Suning, mas os chineses não cumpriram o acordo. Depois dessa, o staff de Pato espera o documento assinado para então fazer o anúncio oficial tão esperado pelos corintianos.

Para que formalizem o negócio basta que nenhum obstáculo de última hora apareça. Considerada por muitos a mulher mais poderosa no mundo do futebol inglês, Granovskaia tem fama de dura negociadora, que gerou acordos lucrativos a um clube acostumado a comprar caro e vender mais “barato” no mercado.

Foi ela quem negociou, entre outros, David Luiz com o PSG por inacreditáveis £40 milhões (mais de R$ 228 milhões). Seu prestígio aumentou ao arrancar tanto dinheiro do time de Paris por um zagueiro, e contratar Diego Costa, um goleador em alta, por menos £8 milhões (lucro superior a R$ 45 milhões nas duas transações).

Em 2013/2014 a russa conseguiu mudar o caminho do meia brasileiro Willian, que rumava para o Tottenham, então do técnico português André Villas-Boas, e foi parar no Chelsea. Numa só temporada suas negociações renderam quase R$ 890 milhões após as vendas de Mata, Lukaku, Schurrle e do próprio David Luiz.

A russa de 39 anos trabalha com o mesmo patrão há 18 — começou em Moscou na Sibneft, empresa de petróleo de Roman Abramovich. Cabe a ela manter a estrutura salarial sob controle. Marina Granovskaia renovou com Eden Hazard, que tem a maior remuneração do Chelsea (aproximadamente £ 200 mil por semana, mais de R$ 1,141 milhão), mas Falcao Garcia, por exemplo, precisou se encaixar numa nova política ao desembarcar em Stamford Bridge, onde é a “Dama de Ferro”.

O blog não conseguiu confirmar com exatidão duração de contrato e cifras do negócio, mas devem girar em torno de três anos e ₤8 milhões (R$ 45,661 milhões) a ₤10 milhões (R$ 57,077 milhões). O Corinthians tem direito a 60% (R$ 27,400 milhões a R$ 34,200 milhões). Em 2013 o clube pagou € 15 milhões ao Milan pelo atleta, na épóca cerca de R$ 40,5 milhões — pelo câmbio de hoje seriam R$ 65,8 milhões.

Com Diego Costa lesionado, Falcao Garcia sem jogar desde outubro e com um gol na temporada, além de Loic Remy com apenas 12 tentos em 43 jogos, três em 2015/2016, Pato não deverá demorar a ter chance no time. Ele fez 61 das 69 partidas do São Paulo em 2015, marcando 26 vezes com a camisa tricolor. O próximo jogo do Chelsea será domingo, contra o Arsenal, na casa do rival. Contudo, o atacante não atua desde a vitória do São Paulo sobre o Figueirense (3 a 2) em 28 de novembro.

Outro atleta que passou pelo radar do Chelsea, Saido Berahino está na reserva e em baixa — só disputou 18 jogos e fez quatro gols na temporada (foram 20 na anterior). Além disso, o West Bromwich pediria mais do que Pato deverá custar. Segundo o Daily Mirror, o Newcastle acena com £15 milhões para ter o centroavante de 22 anos.

Publicidade