Alfredo convoca eleição na Associação de Preservação do Meio Ambiente de Biguaçu

Publicidade

O advogado Alfredo da Silva Junior marcou Assembleia Geral para a eleição da nova diretoria da Associação de Preservação do Meio Ambiente de Biguaçu (Apremabi). Conforme edital publicado em um jornal da capital, o encontro para escolher o novo presidente da entidade será no dia 4 de março de 2019 (segunda-feira de carnaval), na Rua João Rosa, nº 485, Bairro Praia João Rosa, às 11h.

Alfredo foi reconhecido judicialmente como administrador provisório da Apremabi em decisão do juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Biguaçu, Yannick Caubet, publicada no último dia 8 de fevereiro.

Continua após a publicidade

Ao julgar procedente uma ação impetrada pelo próprio Alfredo para que fosse feita nova eleição de diretoria, o magistrado determinou que o novo administrador provisório convoque eleição no prazo de noventa dias e registre a nova diretoria junto ao Cartório de Registros Civis das Pessoas Jurídicas.

Alfredinho, como é conhecido, já presidiu a associação há alguns anos e queria voltar ao comando da Apremabi, mas desistiu de concorrer ao pleito marcado para o dia 10 de abril de 2018, após ser apresentada uma chapa encabeçada pelo carnavalesco Chiquinho do Carandaí. O advogado alegou que houve movimentação política por parte do grupo do prefeito Ramon Wollinger (PSD) para que ele não retornasse a presidir a entidade.

Diante disso, Silva Júnior ajuizou ação no dia 15 de setembro do ano passado, aproveitando uma falha da diretoria eleita: não ter registrado a Assembleia Geral e a troca de diretoria no cartório. Alfredo levou ao juiz a última ata da Apremabi registrada, que é do ano de 2013. Como o mandato é de dois anos, o juiz da 2ª Vara Civil entendeu que houve vacância de diretoria e acatou o pedido do advogado.

Publicidade