Biguaçu tem dois candidatos subindo e um ‘ladeira abaixo’

Publicidade
*Alexandre Alves
*Alexandre Alves

Coluna Entrelinhas 

Após a divulgação de três pesquisas eleitorais em Biguaçu, já é possível traçar o desempenho de cada candidato a prefeito neste pleito de 2016. Usando por base as datas exatas de quando as pesquisas foram feitas, chega-se à conclusão de que Ramon Wollinger (PSD) está em ascensão, pois subiu 30 pontos percentuais; Tuta (PMDB) perdeu fôlego e caiu 12 pontos; e Auri Bitencourt (PSOL) também teve crescimento nesse período, ainda que de forma ‘tímida’.

Continua após a publicidade

Lá no começo de julho de 2016, o Jornal Biguaçu em Foco publicou uma pesquisa (registro SC-01035/2016) feita pela Vortex Pesquisas, dando 56% para Tuta e 20% para Ramon. O candidato Auri não pontuou naquele levantamento.

A segunda pesquisa feita pela Vortex (registro SC-00175/2016) que o JB Foco divulgou nesta terça-feira (20), mas com as entrevistas feitas entre 6 e 9 de setembro, mostra Tuta com 42% (caiu em relação à 1ª) e Ramon com 35% (subiu). Auri teve 2%.

A terceira pesquisa, feita pela Tendência Pesquisas (registro SC-09139/2016), com entrevistas entre os dias 12 e 15 de setembro e divulgada no dia 16, no Jornal Fatos,  mostra Ramon à frente, com 50,9% contra 44,1% de Tuta e 4,5% de Auri.

Ou seja, desde o começo da campanha, Ramon saltou de 20% para 50,9%. Já o seu principal adversário despencou de 56% para 44%.

grafico-pesquisa-desempenho-800px
Ramon está subindo e Tuta caindo nas pesquisas (Arte: Biguá News)

Coluna atualizada às 19h26 para correção do título.

*Alexandre Alves é jornalista, editor da Coluna Entrelinhas e do Biguá News.

Publicidade