Catarinense conquista título dos 100 metros

Publicidade

Sábado, 14, perto do meio-dia, mais de 30 graus com sensação térmica de 40 e a pequena Ludimila Maria Cardoso, de 15 anos, estudante da Escola Estadual Onório Miranda, de Gaspar, parecia estar em um oasis. Sorriso no rosto, tapinha nas costas e pose para fotos. Muitas fotos. Ora com o fotógrafo oficial do Comitê Olímpico do Brasil (COB), ora com o medalhista Olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima ou com a imprensa.

A vida de estrela tinha um motivo: Ludimila acabara de conquistar a medalha de ouro do atletismo na prova dos 100 metros, tornando-se campeã brasileira dos Jogos Escolares da Juventude para estudantes de 15 a 17 anos na pista do Estádio Willye Davids, em Maringá, onde o atletismo está sendo realizado.

Continua após a publicidade
Ludmila (centro) conquista o Ouro
Ludmila (centro) conquista o Ouro

O tempo de 11s87 proporcionou a Ludimila ser a atleta escolar mais rápida do Brasil, ficando bem próximo do recorde da prova, que é 11s50. “Ainda não estou acreditando, a ficha não caiu e acho que só vou cair na real quando eu sair daqui e relaxar”, dizia ao final da prova, enquanto posava para os fotógrafos. Nas eliminatórias à final pequena notável de Gaspar havia cravado 12s21 e 12s10.

A história da estudante no atletismo começou no final em 2013, por acaso, na escola em que estudava quando o seu professor de educação física a escreveu para participar de uma competição municipal. Neste evento o treinador James Wilson Curtipassi arbitrava e viu que a garota tinha potencial e pediu ao treinador dela para que a menina fizesse parte da equipe de atletismo de Gaspar.

Pedido aceito, após aprovação dos pais, Ludimila passou a treinar no inicio de 2014 com o Cutipassi em que aprendeu a teoria e técnica do atletismo. “Essa menina é um talento nato. Tem força de vontade e disciplina e com apenas 15 anos está entre as três melhores do Brasil em sua faixa etária”, crava seu treinador.

A campeã ao lado do medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima. Foto: Antonio Prado/Fesporte
A estudante, com pouco mais de um ano de carreira, já tem no currículo o título de campeã brasileira mirim, conquistado na prova dos 75 metros em São Paulo no mês de outubro. Em 2013, logo que começou a correr, a pequena notável já havia espantado os organizadores quando bateu o recorde estadual pré-mirim nos 150 metros com o tempo de 19s5.

Hoje, para ser a atleta mais veloz do país no âmbito escolar Ludimila sai todos os dias de Gaspar para treinar em Blumenau (16 quilômetros) onde se exercita em média 2 horas por dia. “Treino para um dia, quem sabe, disputar uma olimpíada e se tudo der certo vou conseguir”, diz com convicção.

A equipe de Santa Catarina nos Jogos Escolares da Juventude é gerenciada pelo Governo do Estado por meio da Fesporte.

Assessoria Fesporte.

Publicidade