Audiência pública discutirá urgência na abertura do Hospital de Biguaçu

Publicidade

Na terça-feira, dia 16 de junho, o plenário da Câmara de Biguaçu será palco de uma importante audiência pública para os cidadãos de toda a Grande Florianópolis. Vereadores, representantes do Executivo, autoridades estaduais e federais, além de moradores, se reunirão, às 17h, a fim de tratar do impasse que vem postergando a abertura do Hospital Regional da Comarca de Biguaçu. O equipamento em saúde teve as obras iniciadas em julho de 2010, com conclusão prevista para dezembro do mesmo ano. No entanto, dificuldades na aprovação junto à Vigilância Sanitária Estadual, falta de recursos para finalização das obras no entorno, definição da entidade gestora, entre outros, atrasaram a inauguração do hospital durante mais de quatro anos.

Uma vez sanado esses problemas, o impasse agora é a garantia de que, uma vez aberto, o hospital conseguirá manter-se, uma vez que o recurso mensal para manutenção com equipamentos, medicamentos e pessoal é aproximadamente de R$ 3 milhões. Em 2014, o hospital foi repassado ao Governo do Estado, projeto este aprovado pelos vereadores, e passou a ser o responsável pela inauguração e manutenção deste. No entanto, o Estado não confirma quando o fato acontecerá. “Vamos fazer essa audiência pública para que nós, vereadores e comunidade, saibamos de quem é cada responsabilidade, federal, estadual e municipal, assim como o que está faltando realmente para abrir o hospital. É muito disse que me disse e  o povo está cansado. Precisamos desse hospital aberto”, desabafa a presidente da Câmara, Salete Cardoso.

Continua após a publicidade

Há cerca de 30 anos, não é inaugurado um hospital na Grande Florianópolis. “Essa audiência é muito oportuna. Parabéns à Câmara pela iniciativa. Nós da CPHB fizemos a nossa parte, quando lá em 2013, reaproximamos Prefeitura, WFO e Vigilância Sanitária, para que a obra fosse finalizada. Agora está na hora de resolver essa questão quanto à abertura e manutenção”, observa o coordenador da Comissão Pró Hospital de Biguaçu (CPHB), João Vianei.

Instalado no loteamento DeltaVille, no bairro Beira Rio, com fácil acesso via BR-101 e SC-407, o hospital tem 7 mil metros de área construída, tem 110 leitos, distribuídos entre Clínica Médica, Clínica Pediátrica, Clínica Cirúrgica, Clínica Obstétrica, UTIs adulto e neonatal, além de Centro Cirúrgico, Maternidade e serviço de exames de imagem.

Hospital_Regional_de_Biguaçu_-_Divulgação

A informação é da assessoria.

Publicidade