Palmeiras vence Avaí por 3 a 1 na Ressacada

Publicidade

O Avaí não suportou o volume do jogo do Palmeiras, neste sábado á noite, no estádio da ressacada, e perdeu o confronto por 3 a 1. Com isso, o “Leão da Ilha” permanece com 33 pontos, na 16ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série ‘A’, correndo o risco de ingressar na ‘zona de rebaixamento. Os gols foram anotados por André Lima, para os catarinenses, e por Gabriel Jesus, Cristaldo e Dudu, para os paulistas.

Avaí-x-Palmeiras-FOTO-Jamira-Furlani
Avaí-x-Palmeiras-FOTO-Jamira-Furlani

O jogo

Continua após a publicidade

Mesmo atuando com um time misto (Lucas, Vitor Hugo, Dudu iniciaram a partida no banco; Zé Roberto e Barrios não viajaram), o Palmeiras começou demonstrando melhor qualidade com a bola no pé. Controlado o ímpeto inicial do Avaí, que ameaçou no início em investidas às costas do lateral-esquerdo palmeirense Egídio, o Verdão chegou ao gol aos 16 minutos.

Mouche, que disputava apenas o seu quarto jogo no ano, assumiu o controle do meio-campo. Após ganhar dividida de Emerson, o argentino lançou o conterrâneo Cristaldo, que entrou pela direita e rolou para Gabriel Jesus marcar.

O primeiro tempo ficou nisso. A partir do gol, o jogo apresentou acentuada queda, com os times mais interessados em chutões e faltas.

No segundo tempo, o técnico Marcelo Oliveira reforçou a marcação no meio-campo palmeirense, colocando Amaral no lugar de Andrei Girotto. Com a mudança, a princípio, o Avaí passou a ter mais dificuldades para chegar – a cobertura de Egídio melhorou.

Assim, o Verdão tinha mais tranquilidade para chegar à frente e, aos 14, chegou ao segundo gol, com Cristaldo aproveitando cobrança de escanteio de Allione e falha da zaga catarinense.

Para tentar mudar o panorama da partida, Gilson Kleina arriscou: tirou o volante Adriano, que já tinha amarelo, e reforçou o ataque do Leão com Roberto. O time catarinense cresceu, ganhou terreno no campo de ataque e diminuiu aos 23, com André Lima completando cruzamento da direita.

O jogo se tornou mais agradável, com as duas equipes buscando o ataque sem se preocupar tanto com a marcação. Dudu, que começou o jogo no banco, poupado, entrou aos 21 minutos. Em seu primeiro lance de perigo, aos 32, o gol: Thiago Santos acertou o lançamento, a zaga do Avaí falhou, e a bola sobrou para o atacante, que ainda driblou o goleiro antes de marcar e fechar o placar.

Com informações do Globo Esporte40

 

 

Publicidade