Banco Europeu oferece linhas de crédito para Santa Catarina investir em sustentabilidade

Publicidade

Uma reunião com integrantes do Banco Europeu durante agenda de trabalho do governador Carlos Moisés, em Glasgow, na Escócia, nesta quarta-feira (10), marcou o início de possíveis parcerias com Santa Catarina para os projetos do Estado rumo à transição energética justa, com a redução de gases nocivos ao meio ambiente. Durante o encontro, Moisés apresentou o modelo econômico do estado e conheceu linhas de crédito oferecidas pelo Banco para investimentos em diversas áreas, visando o desenvolvimento sustentável.

“A participação de Santa Catarina na COP26 reforça o compromisso de dar continuidade a este processo de transição para um modelo de  desenvolvimento sustentável. É urgente agir agora, com a força de vários parceiros, para o futuro das próximas gerações. Neste sentido, já a partir deste primeiro contato, as oportunidades apresentadas pelo Banco Europeu estarão no radar do Governo para projetos futuros de fomento às boas práticas ambientais”, afirma Carlos Moisés.

Continua após a publicidade

De acordo com o chefe do Executivo, as oportunidades, por meio de linhas de crédito específicas, são atuais ao debate que reúne autoridades e líderes de todo o mundo na edição 26 da conferência da ONU sobre as mudanças climáticas, na Escócia. Neste ano, a proposta central do encontro é acelerar medidas para conter o aquecimento do planeta.

Entre as áreas para investimentos em parceira com o Banco Europeu estão, geração de energia limpa, transporte sustentável, proteção de nascentes e saneamento. Além do governador, do secretário Executivo de Meio Ambiente, Leonardo Porto Ferreira e do deputado estadual Fabiano da Luz, a presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos, também acompanhou a apresentação, por meio de webconferência.

Publicidade