Batalhão da Polícia Militar Ambiental em Florianópolis terá novo comandante

Publicidade

O 1° Batalhão da Polícia Militar Ambiental em Florianópolis passa a contar um novo comandante. O tenente-coronel PM Evandro Mendonça Zavarizi assume, nesta quinta-feira (10), o lugar do tenente-coronel PM Adilson Schlickmann Sperfeldm, que deixa a função após um ano e dois meses à frente dos trabalhos.

O tenente-coronel Zavarizi informou que trabalha na questão ambiental desde 1995 e pretende dar continuidade aos serviços. “Agora mais especificamente em todo litoral catarinense. Antes éramos um batalhão para todo o Estado, agora são dois batalhões, um Florianópolis e outro em Chapecó. Acredito que isso facilita e dinamiza ainda mais os trabalhos”, disse.

Continua após a publicidade

Zavarizi destacou que a função primordial da Polícia Ambiental é a preservação da segurança pública na área, crimes relacionados com o meio ambiente. “Estamos atuando fortemente na questão da água, porque acreditamos que este será um problema futuro. Além disso, na questão da pesca ilegal, áreas de preservação permanente, queimadas, questões de poluição entre outras atividades voltadas ao setor”, explicou.

Além desses trabalhos, a Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina realiza o programa Protetor Ambiental Mirim, com crianças de 12 a 14 anos. Desde 2008, o programa já formou cerca de 10 mil crianças da rede pública de ensino. “Elas vêm para dentro do quartel e durante três meses realizamos trabalhos com elas para que se tornem multiplicadores do saber ambiental e até mesmo, estimular a formação de futuras lideranças ambientais.”

O tenente-coronel informou, ainda, que qualquer denúncia relacionada ao meio ambiente deve ser feita pelo telefone 190.

O Batalhão de Polícia Militar Ambiental possui sete companhias, distribuídas estrategicamente em todas as regiões do Estado, com intuito de prestar segurança de qualidade ao cidadão Catarinense.

Secom

Publicidade