Biguaçu e Florianópolis montam esquema especial de aplicação de vacinas

Publicidade

Gabriele Duarte | Hora SC

Os municípios de Biguaçu e Florianópolis criaram estratégias para gerir os estoques de vacinas nos postos de saúde devido ao atraso no repasse dos itens por parte do Ministério da Saúde — irregular desde o início de outubro. Enquanto o fornecimento não é regularizado pelo Governo Federal, as Secretarias de Saúde estão trabalhando com base em esquemas especiais de aplicação de vacinas. As medidas visam à facilitação do controle dos estoques e, no caso da Capital, levam em consideração a vacinação para centros de saúde de referência em todas as regiões.

Continua após a publicidade

Ainda na Grande Florianópolis, as cidades de São José e Palhoça ainda não sentiram os efeitos do atraso no abastecimento e, por enquanto, trabalham com os estoques próprios. As Secretarias de Saúde desses municípios devem comunicar os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) caso também implementam esquemas especiais.

Biguaçu

BCG
A vacina é aberta em pacotes com dez doses e, para evitar desperdício, está sendo aplicada somente às quintas-feiras pela tarde.
Florianópolis

Tetraviral
Como não há mais nos estoques, está sendo substituída pela tríplice viral + varicela (com o mesmo efeito) em todos os centros de saúde da Capital.

Hepatite A
Estoque zerado, sem previsão para reposição.

Hepatite B
Ministério da Saúde distribuiu apenas metade do estoque. Prioridade para o Capital Criança, que vacina os recém-nascidos nas maternidades do município.

Dupla adulto (dT, difteria e tétano)
Estoque deve durar até o fim do mês, distribuída em todos os centros de saúde.

Verorab (raiva)
Vacinação nos centros de saúde de referência: Centro, Distrito Sanitário Norte, Lagoa da Conceição, Saco Grande, Estreito, Monte Cristo, Fazenda do Rio Tavares e Costeira.

DTPa infantil (difteria, tétano e coqueluche)
Estoque zerado.

BCG
Prioridade para o Capital Criança, que vacina os recém-nascidos nas maternidades do município e oferecida nos centros de saúde de referência: Itacorubi (terças-feiras), Abraão e Costeira (quartas-feiras) e Canasvieiras (quintas-feiras).

Publicidade