Biguaçu recebe investimento de R$ 3 milhões para construção da nova sede da Apae

Publicidade

A Educação Especial do município de Biguaçu tem motivos para comemorar. Na tarde dessa terça-feira (5), a Prefeitura recebeu R$ 3 milhões do Governo do Estado de Santa Catarina para a construção da nova sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE/Biguaçu).  Além desse recurso, a entidade receberá diretamente, sem passar pela Prefeitura, mais R$ 400 mil aquisição de um micro-ônibus adaptado e equipamentos de informática.

Vice-prefeito de Biguaçu assinando o ato de recebimento dos recursos (Foto: Peterson Paul – SECOM SC)

O ato de entrega foi realizado no Teatro Pedro Ivo Campos, em Florianópolis, e a formalização da destinação do recurso foi feita pelo governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva ao vice-prefeito Alexandre Martins de Souza. O secretário de Educação, Oscar Silva Neto, a presidente da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), Janice Krasniak e o presidente da APAE de Biguaçu, Filipe Gomes Vieira, também participaram da solenidade.

Continua após a publicidade

Os R$ 3 milhões são provenientes da FCEE e serão repassados para a Secretaria Municipal de Educação, que realizará o processo licitatório e acompanhará a execução da obra. O terreno será doado pela Prefeitura.

A APAE de Biguaçu foi fundada em 1991, com a criação da Escola Especial Leandro de Azevedo. Atualmente a instituição atende 212 educandos e possui uma fila de espera. Na escola são ofertados atendimentos pedagógicos, de fisioterapia e fonoaudiologia de forma individual e conforme necessidade dos alunos. Funcionando em dois períodos, na unidade ainda são realizadas atividades de artes, capoeira, informática e educação física.

“Essa é mais uma conquista para Biguaçu e o resultado de uma luta pela Educação Especial. É a concretização de um planejamento de governo que o prefeito Salmir e o vice-prefeito Alexandre vêm colocando em prática no primeiro ano da gestão”, enfatiza o secretário Oscar Silva Neto.

Para o vice-prefeito Alexandre “a vinda desses recursos é um momento histórico para a Educação Especial de Biguaçu, pois vai garantir uma estrutura muito mais adequada e com qualidade para o atendimento na entidade, com melhorias para os educandos e para os profissionais que lá atuam e desempenham um trabalho de excelência para as pessoas especiais e suas famílias”. 

Publicidade