Biguaçu teve 4,1 mil títulos de eleitor cancelados este ano

Publicidade

Em Biguaçu, 4,190 pessoas tiveram seus títulos de eleitor cancelados este ano, por não fazerem o cadastramento biométrico obrigatório,  conforme informou, na tarde desta segunda-feira (19), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Em todo o Estado de Santa Catarina, 141.448 eleitores não participaram da biometria e não votarão nas próximas eleições municipais.

Esses eleitores poderão regularizar suas situações somente a partir do dia 7 de novembro, com a reabertura do cadastro eleitoral. Vale lembrar que essas pessoas que tiveram seus títulos eleitorais cancelados estão sujeitos a restrições como, por exemplo, a impossibilidade de obtenção de passaporte, de posse em cargos públicos, de realizar matrícula em instituições de ensino superior, além da suspensão do CPF, entre outras.

Continua após a publicidade

Desde 2015, o cadastramento biométrico ocorreu de forma obrigatória em Florianópolis, Joinville, Blumenau, Palhoça, São José, Biguaçu e Santo Amaro da Imperatriz. Outras 12 cidades do Estado já haviam finalizado a coleta das digitais. Dessa forma, em Santa Catarina, 19 municípios possuem votação 100% biométrica nestas eleições.

Além disso, a biometria já começou a ser realizada de forma ordinária em mais nove municípios, onde a votação acontecerá de forma mista (tradicional e biométrica) nas Eleições 2016. Os municípios onde ocorrerá votação mista em Santa Catarina são: Balneário Camboriú. Botuverá, Brusque, Camboriú, Corupá, Garuva, Guabiruba, Itapoá e Jaraguá do Sul.

O fechamento do cadastro eleitoral aconteceu no dia 4 de maio, já objetivando a preparação da Justiça Eleitoral para o pleito vindouro. Após o fechamento, os dados foram compilados e enviados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Posteriormente, esses dados passaram por uma auditoria e se deu início à geração dos arquivos para a folha de votação e a execução da carga de dados para a próxima eleição.

Consulte aqui a relação dos eleitores em Biguaçu com inscrição cancelada (vai abrir em PDF)

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

*Com informações do TRE.

Publicidade