Chuva continua generalizada em Santa Catarina e toda região Sul do país.

Publicidade

Fortes áreas de instabilidade se formaram sobre o Centro-Sul do país na última semana e provocaram chuva forte e volumosa em Santa Catarina, no Paraná, no Rio Grande do Sul e no sul de Mato Grosso do Sul, principalmente. Estas instabilidades avançaram também sobre o Estado de São Paulo e provocaram chuva significativa no interior paulista. A informação é do Clima Tempo.

Devido à circulação de ventos em altos níveis da atmosfera, também voltou a chover em Goiás e em Mato Grosso do Sul, mas os acumulados não foram significativos. No Nordeste, a chuva continua concentrada no litoral leste da Região, principalmente entre o Recôncavo baiano e Alagoas. No Norte do país, a chuva ocorre de forma localizada e se concentra mais ao norte. No oeste do Amazonas os acumulados ficaram entre 50 e 100mm.

Continua após a publicidade
Figura 1: Chuva acumulada entre os dias 08/07 e 12/07

As temperaturas voltaram a se elevar na última semana no Sul e Sudeste do país e as tardes já foram mais abafadas, com sensação até de calor.

No último domingo, a temperatura chegou aos 34°C na cidade do Rio de Janeiro, aos 27,4°C na Capital paulista e aos 28°C em Belo Horizonte.

Embora a chuva não dê trégua ao Sul, as temperaturas têm ficado bem amenas também na Região, oscilando entre 20 e 23°C nas Capitais. O frio também perdeu força pela manhã no Centro-Sul do Brasil.

Previsão para os próximos dias no Brasil: Chuva forte e volumosa continua no Sul do país.

* Ao longo desta semana, o tempo deve continuar ainda bastante instável no Sul do país. Uma nova frente fria avança pela Região e reforça as instabilidades que continuam sobre os Estados. Há risco para tempestades, com rajadas de vento, trovoadas e eventual queda de granizo. A temperatura cai a partir de quarta-feira, especialmente no RS, onde há possibilidade para geada na Campanha e Fronteira Oeste.

No Sudeste, por outro lado, um sistema de alta pressão atmosférica impede que esta frente fria avance, por isso o tempo continua firme em grande parte dos Estados. Deve chover apenas no sul e oeste paulistas, mas não são esperados grandes volumes de chuva. A temperatura cai um pouco em São Paulo a partir de quinta-feira, mas não chega a fazer frio. No Centro-Oeste, o tempo continua firme em Goiás e Mato Grosso. Só há previsão de chuva para Mato Grosso do Sul e ainda são esperados acumulados significativos de chuva no sul.

Figura 2: Previsão de chuva acumulada para o período de 14 a 18 de Julho.

 * Para o período de 14 a 18 de julho ainda há previsão de muita chuva para Santa Catarina, norte do Rio Grande do Sul e Paraná. No sul de Mato Grosso do Sul os acumulados ficam elevados também.

* Para o período de 19 a 23 de julho, uma outra frente fria chega ao Sul do país, mas só deve provocar chuva generalizada e com elevados acumulados no Rio Grande do Sul. Em grande parte do País, predomina uma massa de ar quente e seco.

Publicidade