Ciclone quebra cadeia produtiva da agricultura em Antônio Carlos; fotos

Publicidade

O “ciclone bomba” que atingiu todo o estado de Santa Catarina no dia 30 de junho também causou muitos estragos em Antônio Carlos. Conforme a Prefeitura Municipal, as rajadas de vento chegaram 109 km/h, atingindo todos os bairros da cidade, incluindo localidades no interior. Como consequência do desastre, resultaram os prejuízos econômicos e sociais no município.

Plantação foi danificada pelo vendaval (Foto: Divulgação)

Em um levantamento inicial, só na agricultura, estima-se um prejuízo de aproximadamente R$ 5 milhões, não somente na questão estrutural, mas também na quebra da cadeia produtiva, com a destruição de praticamente todas as estufas de cultivo protegido além da devastação de boa parte do cultivo externo.

Continua após a publicidade

Leia também:

Rajadas de vento causam estragos em Biguaçu e Governador Celso Ramos

Outros setores também sofreram perdas consideráveis, como o setor pecuário, industrial e o comercial, além de residências municipais.

A Prefeitura Municipal decretou Estado de Emergência (Decreto Nº 82) no município, autorizando a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a coordenação da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução.

As informações são da assessoria.

Publicidade