Cidades de Santa Catarina também registram atos pró-governo

Publicidade

g1Santa Catarina registra nesta sexta-feira (18) manifestações a favor do governo da presidente Dilma Rousseff. Nas cidades catarinenses, os atos foram realizados com organização da Frente Brasil Popular.

Entre os manifestantes integrantes da Frente, estão membros do Partidos Trabalhadores (PT), de movimentos sociais, como o Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), além de sindicatos, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Continua após a publicidade

Em Florianópolis, os manifestantes começaram a se concentrar às 16h na Avenida Paulo Fontes, no Centro da capital. Às 19h15, a Polícia Militar informou que 6 mil pessoas estavam no local. Os organizadores confirmaram 7 mil pessoas até as 18h40.

Por volta das 17h, eles bloquearam a Avenida Paulo Fontes em direção no sentido à Avenida Beira-mar Norte. Até 18h55, eles permaneciam no local.

Em Joinville, no Norte catarinense, segundo a Polícia Militar divulgou às 19h, 50 pessoas estavam presentes na Praça da Bandeira.

Em Chapecó, no Oeste, cerca de 3 mil pessoas estavam reunidas na praça Coronel Bertaso, segundo a organização, até as 19h. A PM informou que, às 19h15, cerca de 350 pessoas estavam presentes. A concentração iniciou às 17h.

Em Lages, na Serra catarinense, um grupo de militantes foi às ruas pela manhã, por volta das 10h, distribuir panfletos e abordar pessoas sobre “os riscos de um golpe de estado”, informou a Frente Brasil Popular. Conforme a Polícia Militar, às 10h, cerca de 30 pessoas estavam presentes.

Publicidade