Coligação de Ramon vai recorrer contra a candidatura de Tuta

Publicidade

O advogado Daniel Cesar da Luz, que representa a coligação “Biguaçu de Todos Nós”, do prefeito e candidato a reeleição Ramon Wollinger (PSD), informou, agora há pouco, ao Biguá News, que ingressará com um recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) contra o deferimento da candidatura de Vilmar Astrogildo Tuta de Souza (PMDB). O juiz da 2ª Zona Eleitoral,  Welton Rübenich, concedeu o registro ao peemedebista, nesta sexta-feira (9).

“Nós ingressaremos com recurso dentro do prazo de até três dias, contados a partir de hoje. O Ministério Público também encampou a tese da impugnação, pedindo inclusive o não registro da candidatura do senhor Vilmar, mas infelizmente o juiz eleitoral da Comarca entendeu pelo registro”, comentou Luz, que preferiu não adiantar quais argumentos usará na peça recursal.

Continua após a publicidade

Conforme a sentença, Ramon e sua coligação não conseguiram mostrar ao magistrado que Tuta estaria inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, por ter sido condenado em duas Tomadas de Contas no Tribunal de Contas do Estado (TCE), nem de que ele estivesse impedido de concorrer a cargo eletivo por responder a ‘vários processos’ na Justiça.

A coligação de Ramon aduz que Tuta seria “Ficha Suja” devido às condenações no TCE e também por ter uma “imensidão” de processos na Justiça, por improbidade administrativa e na esfera criminal. Contudo, esses argumentos foram afastados por Welton Rübenich.

Na decisão publicada ontem à noite, o juiz não se manifestou com relação ao parecer do  Ministério Público Eleitoral, que pediu  o indeferimento da candidatura do peemedebista.

 

Publicidade