Com um dos pedágios mais caro do país, Paraná vai leiloar mais 3,3 mil km de rodovias

Publicidade

O governo do Estado do Paraná colocará 3.327 quilômetros de rodovias à disposição do mercado para concessões. O anúncio foi feito nesta sexta-feira pelo governador Ratinho Junior em coletiva de imprensa promovida para anunciar os avanços no setor. O Paraná concorre com São Paulo quando o assunto é o pedágio mais caro do país. Em ambos os estados, a tarifa chega a R$ 13,90 para automóveis em algumas praças. Os paulistas ganham nesse quesito na Via Dutra, onde chega-se a pagar R$ 14,20.

De acordo com o governador, o modelo de concessão elaborado para as rodovias paranaenses será o maior projeto de infraestrutura da América Latina. “Serão R$ 42 bilhões em investimentos em seis ou sete anos. Prevemos 1.800 km de duplicação, investindo cerca de R$ 5 bilhões por ano”, informou.

Continua após a publicidade

O político destacou ainda a participação de diferentes entidades civis para elaboração da projeto. “Tivemos uma intensa participação da população, foram mais de 5 mil contribuições, sugestões para que a gente pudesse achar o melhor modelo”, disse.

O tempo de estudo do modelo de concessão também foi mencionado pelo governador do Paraná. “Estamos há mais de dois anos buscando uma melhor solução para concessões, porque o Paraná tinha um histórico muito ruim de pedágios. Chegamos a um modelo que garanta muitas obras para o Estado, mas ao mesmo tempo, buscamos um equilíbrio entre as tarifas”, afirmou Ratinho Junior.

Publicidade