Conferência dos Direitos da Pessoa Idosa é realizada em Biguaçu

Publicidade

Da Assessoria – O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) realizou na tarde dessa quarta-feira (17/10) a 5ª Conferência de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa de Biguaçu, com o tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”. O evento ocorreu no Centro de Convivência do Idoso (CCI), no Sindicato dos Trabalhadores Rurais, no bairro Vendaval.

A conferência contou com uma palestra conduzida por Vânia Fátima Guarescki Souto, assistente social na Associação de Municípios da Grande Florianópolis (GRANFPOLIS), tendo como objetivo trocar propostas com base nos eixos determinados pelo Conselho Nacional do Idoso, para serem discutidos entre idosos, organização, sociedade civil e governo. Os eixos são:

Continua após a publicidade

– Direitos fundamentais na construção das políticas públicas;

– Educação: assegurando direitos e emancipação humana;

– Enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa;

– Conselhos de direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

“Momentos como esse são importantes para conversarmos, analisar e levar para o poder público propostas em relação aos idosos. Queremos agradecer também a palestrante Vânia, que proporcionou uma tarde agradável à terceira idade do nosso município”, disse Marcelo dos Santos, secretário de Assistência Social e Habitação.

Até agosto de 2019 será realizada a Conferência Estadual. Para representar o município, foram definidos dois delegados, Elza Gris Pietrisk e Osmar Nelson da Silva. Keyla Mara Adriano, do Residencial Geriátrico Ana Clara e Mailena Souza Muller, também de grupo de idosos, são as delegadas suplentes.

Também participaram da conferência o presidente do Conselho Municipal do Idoso, Jorge Eduardo da Silva e o secretário executivo da Secretaria dos Conselhos, Altamiro Barros.

Publicidade