Convênio com cooperativa de crédito injetará R$ 340 milhões na economia catarinense

Publicidade

O governador Raimundo Colombo (PSD) participou assinou operação de crédito do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) com a Cooperativa de Crédito Vale do Itajaí (Viacredi), no valor de R$ 40 milhões. Os recursos vão beneficiar 12 mil empresários e produtores rurais. A Viacredi é filiada ao sistema Cecred – Cooperativa Central de Crédito Urbano.

“O sistema cooperativo é colaborativo, ou seja, oferece recurso com juros mais baixos e, sobretudo, com capilaridade. Com esses empréstimos, é possível beneficiar muitas pequenas empresas e famílias para que possam realizar seu negócio, ter capital de giro, comprar equipamentos e ser mais produtivas e competitivas”, destacou Colombo.

Continua após a publicidade

Com este novo contrato, assinado com a Vicredi, os financiamentos do BRDE para o sistema Cecred somam R$ 121 milhões desde 2012. A expectativa é injetar cerca de R$ 340 milhões na economia catarinense até 2018, beneficiando 30 mil empreendedores. “São empreendimentos em diversas áreas, a exemplo de uma pequena confecção ou outro tipo de manufatura. Todas as áreas que estiverem inseridas no contexto destas cooperativas poderão ser contempladas”, disse o diretor presidente do BRDE, Odacir Klein.

Para o presidente da Cecred, Moacir Krambeck, atualmente há aproximadamente um bilhão de cooperados no mundo, ou seja, a cada sete pessoas, um é cooperado. “Por isso, é um prazer muito grande assinar esse convênio, que irá, com certeza, ajudar muita gente”, disse.

A Viacredi, com sede em Blumenau, conta com 380 mil associados e mais de 80 postos de atendimento em 18 municípios catarinenses. É hoje a segunda maior cooperativa de crédito do país em ativos.

Também participaram do ato os diretores do BRDE, Neuto De Conto e Renato Vianna; o diretor executivo da Viacredi, Vanildo Leoni; e o diretor de controle da Cecred, Márcio Obata.

Rafael Vieira de Araújo
Assessoria de Imprensa

Publicidade