Corpo de Bombeiros forma 35 novos cabos para atuação em diferentes regiões do Estado

Publicidade

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) realizou nesta sexta-feira, 17, em Florianópolis, a formatura da primeira turma do Curso de Formação de Cabos (CFC I) deste ano. Ao todo, 35 militares de diferentes regiões do Estado concluíram o período de atualização junto ao Centro de Ensino Bombeiro Militar (CEBM) na Capital. O grupo de formandos permaneceu por três meses aperfeiçoando os conhecimentos técnicos sobre os diferentes serviços desempenhados pela corporação.

A cerimônia foi presidida pelo subcomandante-geral do CBMSC, coronel Marcos Antônio de Oliveira, e contou com a presença de autoridades civis e militares, entre elas o secretário-adjunto de Estado da Segurança Pública, delegado Aldo Pinheiro D’Ávila, representantes da Polícia Militar, Forças Armadas e familiares dos formandos.

Continua após a publicidade

“Hoje reforçamos nosso compromisso em aprimorar o serviço prestado ao povo catarinense por meio da capacitação continuada dos bombeiros militares e, ao mesmo tempo, reconhecemos os esforços daqueles que dedicam-se dia a dia para cumprir da melhor maneira seus desafios profissionais”, ressaltou o coronel Marcos, destacando a importância da ascensão hierárquica dos formandos como forma de reconhecimento ao comprometimento dos novos cabos em seu histórico militar.

Os formandos homenagearam in memorian na solenidade o terceiro sargento Luiz Paulo Urbano, que deu nome à turma do CFC I/2015. O militar, pai de um dos alunos-cabo, dedicou-se profissionalmente à corporação até seguir para a reserva remunerada, em 2000, tendo atuado em grandes eventos adversos que atingiram o Estado. Faleceu em 2001. Também foi homenageado o major Fabiano de Souza, paraninfo da turma e irmão de um dos formandos.

Pelo desempenho destacado na capacitação, na qual finalizou como 1º colocado na classificação geral, com média 9,962, o aluno-cabo Petterson Lourenço da Silva recebeu a Medalha de Mérito Intelectual Cabo Zilmar Farias e o prêmio de Mérito intelectual da Corporação, ambas homenagens que visam estimular o desempenho acadêmico dos bombeiros militares.

“É um momento que nos deixa pessoalmente contente pela ascensão hierárquica e por nos tornarmos capazes de oferecer um serviço de melhor qualidade à população”, disse o primeiro colocado no CFC, há seis anos da corporação e atualmente lotado no quartel da cidade de Garopaba.

A cerimônia foi finalizada com o ato em que os novos cabos renovaram o compromisso com suas obrigações militares e o tradicional batismo dos bombeiros (banho de mangueira). Até o final do ano o CBMSC deve formar outras duas turmas de cabos.

Publicidade