CPI na Câmara de Biguaçu para investigar Salete Cardoso ouve mais dois depoentes

Publicidade

Na quarta-feira, dia 7 de julho, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) deu continuidade aos trabalhos de audiências extrajudiciais, ouvindo mais dois convocados, com o objetivo de investigar possíveis atos irregulares, supostamente atrelados à vereadora Salete Orlandina Cardoso, no que diz respeito às investigações da “Operação Co-Incidência”. A ação foi desencadeada pela Polícia Civil (DEIC), em dezembro de 2020, com o objetivo de apurar a existência de crimes contra a administração pública.

Foto: Beatriz Guesser

Foram cerca de três horas de trabalhos no quinto dia de oitivas, em que integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito e vereadores da Casa ouviram o ex-secretário municipal de Assistência Social e Habitação, Marcelo dos Santos; e a diretora de Recursos Humanos da Prefeitura, Claudia Vanderleia Soethe. As oitivas previstas para quinta-feira, dia 8 de julho, foram suspensas, ficando assim agendadas as próximas audiências para os dias 14 e 15 de julho, a partir das 14h, conforme calendário, sendo que os depoentes estão sendo intimados.

Continua após a publicidade

Leia também:

Ex-secretário indicado por Salete não relatou 223 faltas dela ao local de trabalho

Investigação policial que envolve Salete Cardoso está sob sigilo na Delegacia de Biguaçu

Os trabalhos da CPI se voltaram para buscar esclarecimentos a exemplo da transferência da servidora Salete entre as secretarias municipais de Assistência Social e de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer; possível participação de Salete em reuniões com os secretários do Executivo. Também quanto à secretaria em que atualmente a servidora está lotada na folha de pagamento; funcionamento e controle de ponto no Executivo, bem como procedimento de envio destes para a confecção da folha de pagamento; responsabilidade sobre comunicações de aviso de faltas; função da servidora na Secetul.

Foto: Beatriz Guesser

Participaram das oitivas o presidente da Comissão, Laudemir Clóvis Pastorello; o secretário, Manoel José de Andrade; e também os vereadores Cristyan Silveira Prazeres, Douglas Fernandes de Souza, Fernando Duarte, Israel Gaspar, Lucas Rosa Vieira, Luan de Souza Pereira, Rodrigo Cesar Ocker e Sandro Andrade. Ainda estiveram presentes o vice-presidente da CPI, Claudemir Aires; o procurador-geral do Legislativo, Daniel César da Luz; e a secretária de Administração da Casa, Isabella Nunes Muller. As audiências estão sendo transmitidas ao vivo e os vídeos estão disponibilizados no canal da Casa, no youtube.com/cmbigua

Publicidade