CPI na Câmara de Biguaçu para investigar Salete Cardoso ouve mais três depoentes

Publicidade

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) deu continuidade, nesta quinta-feira (15), aos trabalhos de audiências extrajudiciais, ouvindo mais três convocados, com o objetivo de investigar possíveis atos irregulares, supostamente atrelados à vereadora Salete Orlandina Cardoso, no que diz respeito às investigações da “Operação Co-Incidência”. A ação, desencadeada em dezembro de 2020, pela Delegacia de Polícia da Comarca de Biguaçu com o apoio da DEIC, tem por objetivo apurar a existência de crimes contra a administração pública. A operação vem sendo conduzida pela delegacia da comarca.

Depoimento do ex-secretário Ronnie

Foram mais de sete horas de trabalhos no sexto dia de oitivas, em que integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito e vereadores da Casa ouviram o ex-secretário municipal de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer, Ronnie Marks Maciel; o ex-servidor da pasta, Filipe Gomes Vieira, este que também já ocupou um cargo na Câmara de Vereadores e atualmente é presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE); e a coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social do Município (CRAS), Amanda Siqueira de Andrade.

Os trabalhos da CPI se voltaram para buscar esclarecimentos a exemplo de questões a respeito do funcionamento do registro de ponto nas Secretarias de Assistência Social e também de Cultura, Esporte Turismo e Lazer, incluindo durante o período de pandemia; possíveis irregularidades no registro de ponto de Salete; responsabilidade sobre justificativas de faltas na Secetul e comunicação entre a pasta e o setor de Recursos Humanos da Prefeitura; rotina da servidora nas secretarias municipais, bem como quanto ao cumprimento de jornada de trabalho nas pastas. Ainda quanto à tomada de decisão na Secetul, quanto às atribuições da servidora na pasta; e a respeito de possibilidade de indicações para o cargo de secretário municipal e de servidor na secretaria.

Participaram das oitivas o presidente da Comissão, Laudemir Clóvis Pastorello; o vice-presidente, Claudemir Aires; o secretário, Manoel José de Andrade; e também os vereadores Cristyan Silveira Prazeres, Douglas Fernandes de Souza, Fernando Duarte, Israel Gaspar, Lucas Rosa Vieira, Luan de Souza Pereira, Rodrigo Cesar Ocker e Sandro Andrade. Ainda estiveram presentes o procurador-geral do Legislativo, Daniel César da Luz; o procurador legislativo, João Eduardo Schmitt; e a secretária de Administração da Casa, Isabella Nunes Muller. O presidente da Câmara, Ednei Muller Coelho, justificou a ausência nas oitivas, em virtude de que está se recuperando do Covid-19.

As audiências estão sendo transmitidas ao vivo e os vídeos estão disponibilizados no canal da Casa, no youtube.com/cmbigua.

Continua após a publicidade
Publicidade