Cresce a produção de pequenas propriedades em Santa Catarina

Publicidade

Assessoria

Capacitar o pequeno produtor rural para diversificar a propriedade, ampliar a produção, melhorar a renda e viver com mais qualidade são os pilares dos programas do Governo do Estado que contemplam a agricultura familiar. Para comemorar o Dia do Agricultor, nesta terça-feira, 28 de julho, e do Agricultor Familiar, no último dia 25 de julho, o Governo do Estado foi conhecer a história de Clóvis Casagrande, que mora no interior do município de Ouro, no Meio-Oeste de Santa Catarina. A cooperativa, da qual o agricultor faz parte, buscou o apoio financeiro do Estado para expandir os negócios e foi contemplada com R$ 300 mil.

Continua após a publicidade

Os recursos, adquiridos por meio de um financiamento pelo Juro Zero Agricultura/Piscicultura, foram divididos entre os associados nas mais diversas atividades envolvendo a produção de cana, ovos, aves e queijo, este último, o negócio deClóvis. O agricultor conta que tudo começou há 20 anos, no porão da casa do pai. Ainda jovem, ele chegou a morar um tempo na cidade, mas decidiu voltar para se dedicar à vocação da família.

“Hoje não me arrependo, porque além de fazer o que eu gosto, estou realizando o sonho de ver o negócio dando certo e crescendo”, disse. Com os cerca de R$ 41 mil referentes à parte dele no financiamento da cooperativa, Clóvis está investindo na infraestrutura física da propriedade. O novo espaço destinado à produção de queijo terá duas câmeras frias, salas de embalagens, defumador, depósito de rótulos, escritório e vestiários.

“Por enquanto, só podemos vender no município de Ouro, mas com esse reforço, vamos poder ampliar a produção e buscar a inspeção estadual para aumentar também a nossa lista de clientes”, projeta o produtor rural. Na propriedade onde trabalham Clóvis e outras quatro pessoas da família são produzidos cinco tipos de queijo: o colonial, temperado com orégano, com pimenta calabresa, provolone e parmesão.

Para qualificar a produção, Clóvis também cita o apoio feito pelos técnicos extensionistas da Epagri. “Recebemos a visita constante deles, apontando os melhores caminhos para obtermos sucesso nos negócios”, acrescenta ele, que também está cadastrado ao programa do governo SC Rural.

Vaca deleite -  James Tavares

Publicidade