Criança de 1 ano vai para UTI após ser alvejada por tiro acidental disparado por irmão em SC

Publicidade

Uma menina de um ano e dois meses foi atingida no abdômen por um tiro de espingarda disparado pelo irmão de 10 anos, em Monte Castelo, no Norte catarinense, na terça-feira (23), conforme a Polícia Civil. O pai foi preso por posse irregular de arma e omissão de cautela.

Segundo o delegado regional de Mafra, Rafaello Ross, o caso ocorreu por volta das 18h, no Centro da cidade. Pelo relato da família à polícia, o menino teria ido a um galpão da casa onde moram, a pedido do pai, para buscar a arma calibre .22.

Continua após a publicidade

No retorno, ao manejar a espingarda, acabou disparando e atingido a irmã. Segundo Ross, a mãe imediatamente levou a menina para o hospital em Papanduva. A criança foi encaminhada posteriormente para o Hospital Infantil de Joinville.

A Polícia Militar foi acionada e o pai foi encaminhado para a Central de Plantão Policial de Mafra. Por não ter porte da arma e ter solicitado a uma criança buscar uma arma carregada, ele foi preso em flagrante.

Na manhã desta quarta-feira (24), conforme a assessoria do Hospital Infantil Doutor Jeser Amarante Filho, o estado de saúde da menina é estável. Ela está na UTI.

Publicidade