Defesa Civil alerta para risco de deslizamento de terra em Santa Catarina

Publicidade

Assessoria

O grande acúmulo de água provocado pelas chuvas das últimas semanas deixa Santa Catarina em alerta. A Defesa Civil informa que há riscos de deslizamento de terra, especialmente nas áreas entre o Planalto ao Litoral catarinense. A previsão é que a instabilidade do tempo persista nos próximos dias, mantendo o solo encharcado e aumentando as chances de deslizamentos e desmoronamentos.

Continua após a publicidade

Nesta quarta-feira (4), a  chuva segue de forma contínua na maioria das regiões catarinenses, em especial do Planalto Norte ao Litoral, com acumulado médio de 20mm a 30mm e pontuais de 40mm a 60mm. A temperatura é amena devido à cobertura de nuvens e ao vento, que sopra de sudeste, com variação para nordeste no Oeste e Meio-Oeste.

Na quinta-feira, a chuva diminui um pouco em SC, com acumulado de 10mm a 20mm, podendo ser mais volumosa no Litoral Sul e na Grande Florianópolis, com pontuais de 40mm a 50mm.

Na sexta-feira, chove fraco entre a madrugada e manhã da Serra ao Litoral. Já no sábado, há previsão de chuva isolada à tarde e à noite no Oeste e no Meio-Oeste.

Confira os maiores acumulados de chuva nas últimas 96h (até as 10h do dia 4/11/2015):

Santa Rosa de Lima – 130 mm
Garuva – 127 mm
São Francisco do Sul – 110 mm
Rio Fortuna – 107 mm
Araquari – 99 mm
Joinville – 98 mm
Praia Grande – 94 mm
Schroeder – 93 mm
Blumenau – 87 mm
Rodeio – 86 mm
Garopaba – 85 mm
Guaramirim – 85 mm
Jaraguá do Sul – 84 mm
Pomerode – 83 mm
Corupá – 74 mm
Antônio Carlos – 72 mm
Garopaba – 72 mm
Morro Grande – 72 mm
Araquari – 72 mm
Florianópolis – 67 mm
Itapoá – 65 mm
Salete – 65 mm
Orleans – 64 mm
Barra Velha – 64 mm
Guaramirim – 63 mm
Jaraguá do Sul – 63 mm
Timbó – 61 mm
Itapema – 61 mm

Situação das bacias hidrográficas com risco de inundação

As chuvas intensas elevaram os níveis dos rios, provocando inundações nas bacias dos Rios Itajaí, Iguaçu – Planalto Norte, Canoas – Planalto Sul. Em todas as estações monitoradas, os rios estão baixando gradualmente, e em algumas, devido ao relevo, de forma mais lenta. Segundo a Epagri/Ciram, há persistência na condição de instabilidade para os próximos dias em SC. Por isso, mantém-se a Situação de Atenção para inundações nestas bacias, devido ao solo estar saturado e os níveis dos rios elevados.

Planalto Norte
Três Barras (Rio Canoinhas): Leitura de 04/11 – 7h – 6,27m – baixando lentamente- emergência. (cota máxima atingida: 7,12m ás 4h de 20/10)

Planalto Sul
Otacílio Costa (Rio Canoas): Leitura de 04/11 – 7h – 7,45m – baixando lentamente – emergência (cota máxima atingida: 9,22m ás 16h de 25/10).

Recomendações da Defesa Civil

Deslizamentos de terra: deve ser observado qualquer movimento de terra ou rochas próximas a residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal ou o Corpo de Bombeiros.

Inundações/alagamentos: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e ter cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 3664-7056.

Publicidade