Governo do Estado e prefeituras “esticam” feriado de Páscoa

Publicidade

As prefeituras de São José e Governador Celso Ramos decretaram “ponto facultativo” na próxima quinta-feira, dia 29 de março, véspera do feriado nacional da Paixão de Cristo, na sexta-feira. Com isso, os servidores municipais das duas cidades terão um “feriadão” de quatro dias na Páscoa , terminando o expediente desta semana na quarta-feira e retornando ao trabalho somente na segunda.

Já os municípios de Florianópolis, Palhoça, Biguaçu e Antônio Carlos, ao menos até o começo da noite desta terça-feira (27), estão com o calendário anual de feriados sem folga na quinta-feira. Na capital, o prefeito Gean Loureiro (MDB) publicou decreto esta semana terminando com os pontos facultativos.

Continua após a publicidade

A criação de “feriadões” de quatro dias através desse mecanismo é criticada pelas federações industriais e associações comerciais, pois diminui os dias úteis durante o ano e por consequência afeta a produtividade das empresas. Nos dias da semana em que as prefeituras ou as autarquias permanecem fechadas, os empresários, contadores e profissionais liberais não conseguem resolver problemas burocráticos junto aos órgãos públicos, travando o andamento ou a liberação de processos, por exemplo.

Governo do Estado

No âmbito da administração pública estadual, o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) decretou ponto facultativo nesta quinta-feira (29), criando o “feriadão esticado” de Páscoa. Nesta data, os órgãos e as entidades da administração direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo estadual estarão fechados.

Publicidade