Peres fala de se reunir com Douglas para ser o candidato a prefeito do PSL

Publicidade

O militar da reserva Heriberto Peres divulgou um vídeo por meio do WhatsApp afirmando que está em processo de agenda de uma reunião com o governador Carlos Moisés e com o secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, para tratar de sua eventual filiação no PSL, com o compromisso de ser o candidato a prefeito do partido em Biguaçu. Conforme Peres, esse encontro estaria sendo articulado pelo ex-prefeito Tuta e pelo ex-vereador André Clementino, ambos do MDB.

“O André e o Tuta fizeram uma reunião com o Douglas Borba e o Douglas fará contato comigo nesta semana, ou no mais tardar na semana que vem, para que eu esteja em reunião com ele. Também devo fazer uma reunião com o governador Carlos Moisés no sentido de tratarmos dessas negociações”, comentou, na gravação.

Continua após a publicidade

Heriberto comentou que, em recente conversa com Tuta e André, ouviu de ambos que se ele saísse como candidato a prefeito pelo PSL, o MDB indicaria o candidato a vice-prefeito. “Aí não tem para ninguém”, enfatizou Peres.

Peres também fez duras críticas a lideranças do PSDB no Estado. Segundo ele, o partido queria “deixar a presidência” com o grupo dele, mas não houve acordo. “[o PSDB] tem demonstrado uma falta de ética e deslealdade muito grande. O representante do partido nos procurou, em nome da deputada Geovana, ele criou uma série de fatos que não tem sustentabilidade. Demonstrou ser uma pessoa realmente baixa, mal caráter”, criticou, com acidez.

Biguá News solicitou a Tuta e a Douglas Borba se eles confirmam essas tratativas anunciadas por Peres. Mas os dois não responderam às mensagens de WhatsApp até a publicação desta notícia.

Douglas Borba se desfiliou do PP e está colocando o seu grupo político no PSL para lançar um candidato a prefeito, com o apoio do governador Moisés. Contudo, ele estaria “mapeando” um nome de dentro do próprio grupo. Nesse sentido, Peres não teria chances de encabeçar uma chapa sob a batuta de Borba e Moisés. O secretário de Estado da Casa Civil articula uma candidatura com alguma pessoa que ele já tenha bom relacionamento político. Nesse cenário, ter Heriberto como candidato seria um ponto totalmente “fora da curva”.

Já Tuta e André desejam levar o MDB para a coligação com o PSL de Douglas, com a garantia de indicar um candidato a vice-prefeito. Em recente entrevista ao Biguá News, o ex-prefeito disse que avalia a filiação de Peres no MDB, mas que o partido já tem candidatos. Ele ainda comentou que só não fará coligação com o grupo político que está administrando a prefeitura (leia-se Ramon e Vilson) e nem com o ex-prefeito Castelo (PP).

Publicidade