Empresa em São José tem R$ 22 mil roubados e funcionário suspeito é preso

Publicidade

Uma empresa localizada no bairro Barreiros, em São José, teve R$ 22 mil roubados, por dois homens armados que chegaram ao local em uma motocicleta. O dinheiro seria usado para quitar a folha de pagamento do mês de outubro. Os criminosos invadiram o estabelecimento, na terça-feira (3), e foram direto ao escritório, exigindo o malote. Após subtrair a quantia, a dupla fugiu em direção à BR-101, levando também uma corrente de ouro do empresário.

No entanto, uma pessoa que caminhava pela rua percebeu a ação criminosa e anotou a numeração da placa da moto. A Polícia Militar foi avisada e conseguiu identificar que a motocicleta estava registrada em um endereço em Palhoça. Policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar daquele município, junto com PMs de São José, foram até ao local e localizaram um homem de 20 anos. Na casa foram encontrados 3,5 quilogramas de maconha e um revólver calibre 22, da marca Rossi, com seis munições intactas.

Continua após a publicidade

Enquanto a PM fazia o flagrante, foi percebido o barulho de uma moto chegando e sendo estacionada na garagem. Pelas descrições repassadas, tratava-se de um dos homens que haviam alugado a moto e cometido o assalto. O homem, de 26 anos, tinha em seu poder R$1.974 em espécie. No aparelho de celular dele estavam mensagens de funcionário da loja assaltada, informando que o proprietário estaria realizando pagamento de seus funcionários.

Policiais do 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM), de São José, foram até á empresa e prenderam o funcionário. Indagado sobre o assalto, o acusado informou que o restante do dinheiro e armas estariam com outra pessoa. Os policiais se deslocaram ao endereço informado, mas não localizaram o suspeito, pois ele não morava mais naquele local.

“Os três detidos foram encaminhados para a delegacia de Palhoça, sendo autuados em flagrante”, informou o cabo PM Edy Rosane Dau.

Publicidade