Empresários de SC perdem R$ 2 milhões em apostas e são presos por sequestro do trader

Publicidade

A Polícia Civil prendeu três homens por extorsão mediante sequestro. Dois homens foram presos nesta terça-feira (8) em cumprimento a mandado de prisão e outro já havia sido preso em flagrante no dia 31 de maio, que era o responsável por manter a vítima no cativeiro. Eles foram encaminhados ao presídio de Itajaí. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú.

Segundo a apuração, dois empresários de Balneário Camboriú contrataram a suposta vítima para atuar como trader esportivo. Neste sentido, os empresários entregaram à vítima aproximadamente o equivalente a R$ 2 milhões de reais em criptomoedas para a realização de apostas em plataformas digitais (sites de apostas esportivas). Contudo, o trader perdeu quase a totalidade desse valor ou desviou para contas de terceiros.

Continua após a publicidade

Com o objetivo de reaver a importância perdida, os empresários supostamente agrediram, ameaçaram (inclusive com uso de uma pistola) e cercearam a liberdade de locomoção do trader, que ficou detido em um apartamento, devidamente vigiado. Os suspeitos condicionaram a liberdade da vítima à quitação do débito, utilizando de violência física e psicológica, inclusive fizeram a vítima escrever uma carta de despedida, com o objetivo de simular um possível suicídio.

Os três suspeitos foram encaminhados ao presídio de Itajaí. As investigações continuam.

Publicidade