Fatma apresenta estudos da linha de transmissão Biguaçu-Tijucas

Publicidade

A Fundação do Meio Ambiente (Fatma) realiza, em 20 de outubro, a audiência pública para apresentação do Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) da Linha de Transmissão de Energia Elétrica Biguaçu-Tijucas. O evento será no auditório da Univali em Biguaçu, nos Campus Centro.

O empreendimento está sob a responsabilidade da Celesc Distribuição. A LT de 138
kV  tem origem na Subestação Rebaixadora Biguaçu, de propriedade da Eletrosul e termina na Subestação Tijucas, de propriedade da Celesc, possuindo extensão aproximada de 26.500 metros, passando por áreas rurais dos municípios de Biguaçu, Tijucas e Canelinha.

Continua após a publicidade
mapa-rede
Mapa de onde vai passar a nova rede de transmissão de energia elétrica (Imagem: Google)

A Linha de Transmissão possuirá faixa de servidão administrativa de 25 metros de largura, sendo 12,5 metros para cada lado do eixo da Linha de Transmissão. De acordo com o projeto que será apresentado, “o empreendimento visa aumentar a confiabilidade e a segurança do sistema de distribuição de energia elétrica na região“.

A Celesc explica que a linha em questão é necessária para proporcionar reforço elétrico em na região de Tijucas, evitando sobrecarga das subestações Tijucas, Cerâmica Portobello, Porto Belo e Camboriú Morro do Boi, melhorando a qualidade do fornecimento de energia elétrica e a confiabilidade no fornecimento para toda a região.

A audiência, promovida pela Fatma, faz parte do processo de licenciamento. Técnicos e os responsáveis pelo projeto expõem o empreendimento e esclarecem as dúvidas. “É o momento em que a comunidade pode questionar e fazer sugestões diretamente para o empreendedor e para a Fatma” esclarece o presidente da Fundação, Alexandre Waltrick Rates.

Antes mesmo da audiência, a população pode acessar o RIMA no site da Fatma.

O documento está à disposição na Prefeitura Municipal de Biguaçu, Praça Nereu Ramos, 90, Centro; na Fundação Municipal de Meio Ambiente (Famabi), na rua Lúcio Born, 12, Ed. São João Evangelista, Centro; na Câmara Municipal de Vereadores, rua Hermógenes Prazeres, 79, Centro. Em Tijucas, na Prefeitura Municipal, rua Coronel Büchelle, 1, Centro;  na Câmara Municipal de Vereadores, na rua Coronel Büchelle, 181, Centro;  na Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Meio Ambiente, na Avenida Hercílio Luz, 400, Centro. Em Canelinha, na Prefeitura Municipal, avenida Cantório Florentino da Silva, 1683, Centro; na Câmara Municipal de Vereadores, na rua Manoel Francisco Correia, 417; na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, na avenida Cantório Florentino da Silva, 1683, Centro. Em Florianópolis, na Biblioteca da Fatma, na Rua Felipe Schmidt, 485, Centro e no site da Fatma (www.fatma.sc.gov.br).

*Com informações da assessoria. 

Publicidade